1 evento ao vivo

Diante do Athletico-PR, Goiás conta com retorno de trio de ataque para reagir

Equipe de Ney Franco vem de dois empates no Brasileirão e eliminação na Copa Verde

27 out 2019
14h23
atualizado às 14h23
  • separator
  • 0
  • comentários

Depois de uma grande arrancada no segundo turno do Campeonato Brasileiro, o Goiás empatou nas duas últimas rodadas. Além disso, foi eliminado na Copa Verde e agora busca reagir. Neste domingo, às 16h, visita o Athletico-PR na Arena da Baixada, em partida válida pela 28ª rodada e contará com seu trio de ataque titular.

O técnico Ney Franco terá retornos de três atletas, que cumpriram suspensão no empate por 2 a 2 com a Chapecoense. Michael, Rafael Moura e Leandro Barcia, todos atacantes, devem ser titulares no setor. "Vamos tentar aproveitar, ao máximo, a volta destes atacantes, mas sabemos que lá em Curitiba precisamos manter o foco na marcação", projeta Ney Franco.

Na última quarta-feira, o Goiás foi eliminado nas semifinais da Copa Verde. os laterais Yago Rocha e Jefferson e os meias Yago Felipe e Léo Sena foram poupados por conta do desgaste físico, mas não preocupam para o duelo em Curitiba.

O volante Gilberto, que se recuperou de lesão na coxa, também pode retornar, mas não está confirmado como titular. Caso ainda não tenha condições de iniciar a partida, quem joga é Breno. Ney Franco lamentou a saída da Copa Verde, mas já voltou o foco para o Athletico-PR e revelou o objetivo do clube de se classificar à Sul-Americana ou brigar por algo a mais.

"Agora nós temos que juntar os cacos. Estamos em uma competição difícil e temos a segunda melhor campanha do returno, atrás só do Flamengo, que é o líder disparado. Vamos buscar primeiro os 45 pontos e depois brigar por uma vaga na Sul-Americana ou até algo a mais, dependendo da nossa competência", salientou, ao se referir à pontuação que geralmente salva os times do rebaixamento.

Apenas um ponto separa Athletico e Goiás na tabela: 39 a 38. Além da Chapecoense, o Goiás empatou com o Corinthians também por 2 a 2, alcançando 17 pontos dos 24 disputados no segundo turno.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade