0

Criador do Lollapalooza elogia trens de SP e lembra uso de ácido em festivais

No Brasil, Perry Farrell anunciou detalhes do Lollapalooza 2014 no Autódromo de Interlagos e falou sobre experiências no festiavl

10 out 2013
12h28
atualizado às 17h27
  • separator
  • 0
  • comentários

Quando desembarcou no Brasil para instalar o Lollapalooza no País pela primeira vez, Perry Farrell não poupou elogios ao Jockey Clube, em São Paulo. Embora tenha se desmanchado na época ao lembrar da vista e transporte fácil ao local, nesta quinta-feira (10), ao anunciar a ida do festival ao Autódromo de Interlagos, a história foi bem diferente. “No Jockey nos sentíamos como um peixe no aquário. Já fui do aeroporto para o Jockey e pegamos trânsito. Não foi nada agradável”, disse. Os elogios, dessa vez, foram para a nova casa do festival, marcado para os dias 5 e 6 de abril.

Músico foi acompanhado por sua mulher, Etty Lau Farrell
Músico foi acompanhado por sua mulher, Etty Lau Farrell
Foto: Instagram / Reprodução

Acompanhado por jornalistas, fotógrafos, seguranças e sua mulher, Etty Lau Farrell, Perry foi até o local do festival de trem, desde a Estação Morumbi da CPTM. “Viemos de trem até aqui e foi uma boa experiência. Os trens são confortáveis,  limpos. Conversamos um pouco, demos umas risadas e já estávamos aqui na porta”, disse.

Sobre a escolha de Interlagos – que tem em seu histórico shows de Iron Maiden (2009), Kiss (1998) e edições do Skol Beats (2000, 2001 e 2002) -, Perry usou de exemplos quase lisérgicos. "Aqui, temos diferentes níveis,  teremos uma experiência dramática e romântica. Vou contar uma experiência minha para vocês. Minha primeira vez em festivais foi no Us Festival, na Califórnia, era um lugar parecido com o que temos aqui, tinha colinas. Honestamente, eu tinha tomado ácido.  Mas era um ótimo lugar. Eu corria pelas colinas, encontrava meus amigos. Acho que teremos uma experiência parecida aqui”, completou. O novo espaço tem 600 mil metros quadrados.

O músico durante coletiva em São Paulo
O músico durante coletiva em São Paulo
Foto: Nathália Salvado / Terra
Wi-Fi e estrutura
O líder do Janes’s Addiction apontou para o desejo da interatividade na terceira edição do Lollapalooza no Brasil. “Queremos wi-fi no Lollapalooza para as pessoas poderem postar fotos no Instagram, encontrarem os amigos caso se perderem. Queremos essa interatividade”.

A T4F ainda anunciou que o número de banheiros será dobrado, além da preocupação de haver mais praças de alimentação em comparação aos anos anteriores. “Vai além da pizza e do hot dog. Vamos conversar com os melhores chefs da cidade. Jantei com a Helena Rizzo ontem e fiquei apaixonado pela comida dela. Queremos traze-la”, afirmou.O festival, que foi rigoroso com horários nas duas primeiras edições, começará às 11h e tem hora de encerramento marcada para 23h.O line-up com as atrações será anunciado entre os dias 23 e 30 deste mês. O público esperado para os 80 shows é de 140 mil pessoas.

O perfil Usuários Metrô SP postou uma imagem de Farrell entrando na estação de trem
O perfil Usuários Metrô SP postou uma imagem de Farrell entrando na estação de trem
Foto: Instagram / Reprodução

Esta será a terceira vez que o Brasil receberá o evento. Em 2012 e 2013, o Jockey Clube de São Paulo serviu de palco para as atrações. No ano que vem, o espaço será cinco vezes maior, com 600 mil metros quadrados. 

Com a mudança de um lugar maior, um outro problema do festival promete ser solucionado de uma vez por todas: o som. A partir do ano que vem, com mais espaço, os palcos ficarão mais afastados, evitando que o som de um interfira no outro. O Palco Alternativo, por exemplo, vai funcionar ininterruptamente e a Tenda Eletrônica não vai prejudicar mais o Main Stage 2. Com todas as novidades, o Lollapalooza Brasil procura ficar cada vez mais parecido com a edição de Chicago. 

Ainda de acordo com a organização do festival, os pais amantes da música poderão levar suas crianças para curtir um line-up e atrações especiais, no tradicional Kidzapalooza. "Não podemos deixar a Disney dizer o que é música para os nossos filhos. É melhor que o Lollapalooza faça isso. Pais legais podem trazer os filhos aqui para ter o primeiro contato com a música", opinou.

Para chegar ao local, o público será incentivado a utilizar transporte público, como trem e ônibus, e os ciclistas terão um bicicletário. Quem optar por parar o carro no estacionamento no Autódromo de Interlagos acompanhado de pelo menos quatro pessoas receberá um voucher no mesmo valor para trocar por alimentos e bebidas.

Mapa mostra detalhes de como será o Lollapalooza em Interlagos
Mapa mostra detalhes de como será o Lollapalooza em Interlagos
Foto: Divulgação

Como chegar ao Lollapalooza 2014:
Com o Autódromo de Interlagos como novo local do Lollapalooza, os produtores do festival aconselham que o público use transporte público, alterando o horário do festival para melhor acomodar essa necessidade. No sábado a programação se encerrará às 23h e no domingo às 22h.   

- Trens
Com capacidade de 2,5 mil passageiros por unidade, o intervalo dos três nos dois dias (sábado e domingo) de evento será reduzido para 3 minutos – normalmente é de 6 a 8 minutos durante os fins de semana. A expectativa é de que 22 mil pessoas utilizem o serviço.

Os trens da CPTM operaram até 1h aos sábados e até 0h aos domingos

- Conexões
A Linha 9 Esmeralda tem ligações com linhas de metrô em quatro estações. A Linha 4 (Linha Amarela) é a mais importante e deve receber o maior contigente de pessoas nos dias do festival. A Linha 4 (Amarela) funciona até 1h e aos sábados até à 0h aos domingos.

- Distâncias
Da Estação Interlagos até a Estação Pinheiros, através da Linha Amarela do metrô, são 16 km, 10 estações. O trajeto dura 25 minutos. Da Estação Interlagos até o Lollapalooza 2014 são 800 metros – cerca 10 minutos de caminhada.

- Pedicabs
O trajeto do trem até o Lollapalooza 2014 também poderá ser feito com o auxílio de 50 pedicabs – triciclos que levarão o público até a entrada principal do evento.

- Ônibus
Os ônibus também devem ser considerados como meio de se chegar ao festival. Ao todo, serão 29 linhas regulares com média de 25 ônibus cada, que podem atender até 30 mil pessoas.  Há ainda estudo em andamento para a criação de seis linhas expressas semelhantes ao que é aplicado para a F1.

Seis terminais de ônibus servem a área do Autódromo de Interlagos: Shopping SP Market, Estação Jabaquara, Shopping Center Interlagos, Aeroporto de Congonhas, Praça da República e Estação Trianon.

- Estacionamentos
O estacionamento de interlagos tem capacidade para 4 mil carros e, com carona solidária a área pode atender cerca 16 mil pessoas. Para encorajar a ajuda mútua, quem chegar acompanhado de pelo menos quatro pessoas receberá um voucher no mesmo valor para trocar por alimentos e bebidas.

A produção do festival também selecionou alguns estacionamentos próximos às estações de trem, com capacidade para 11 mil carros.

CENU
Capacidade de 4 mil carros
A 330 m até a Estação Berrini
Haverá segurança especial na área.

Shopping D&D
Capacidade de 2.074 carros
A400 m até a Estação Berrini
Haverá segurança especial na área.

ROCHAVERA

Capacidade carros 2 mil carros
A 130 metros até a Estação Berrini
Haverá segurança especial na área.

BENTO BRANCO
Capacidade de mil carros
Vans e micro-ônibus vão levar o público até a estação Santo Amaro (a 620 m) ou até o Autódromo de Interlagos.

NOVA EMÉRICA OFFICE PARK
Capacidade de 1,3 mil carros
A 260 metros até a Estação Santo Amaro
Haverá segurança especial na área.

TRANSAMERICA EXPO CENTER
Capacidade para 800 carros
Vans e micro-ônibus vão levar o público até a estação Santo Amaro (a 625 m) ou até o Autódromo de Interlagos.

BIRMAN 9
Capacidade de 400 carros
A 380 m até a Estação Santo Amaro
Haverá segurança especial na área.

CASA BURGOS 1
Capacidade para 600 carros
Vans e micro-ônibus vão levar o público até a estação Santo Amaro (700 m) ou até o Autódromo de Interlagos.

CASA 1 ALICANTE
Capacidade de 470 carros
Vans e micro-ônibus vão levar o público até a estação Santo Amaro (800 m) ou até o Autódromo de Interlagos.

ECOBERRINI
Capacidade de mil carros
A 240 m até a Estação Berrini
Haverá segurança especial na área.

LANDMARK
Capacidade de 700 carros
A 286 m até a Estação Berrini
Haverá segurança especial na área.

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade