PUBLICIDADE

Toyota Hilux ganha novo visual e versão híbrida na Austrália

Sistema híbrido-leve de 48V ajuda a Hilux a economizar combustível e pode chegar à picape da Toyota vendida no Brasil a partir de 2024

3 fev 2024 - 06h00
(atualizado em 4/2/2024 às 00h28)
Compartilhar
Exibir comentários
Novo Toyota Hilux híbrido
Novo Toyota Hilux híbrido
Foto: Toyota/Divulgação

O Toyota Hilux acaba de ganhar novidades na Austrália. Com mudanças pontuais no design, a picape da marca japonesa também passou a oferecer a opção de motorização híbrida-leve no país da Oceania. Depois de estrear na Europa no ano passado, o novo Toyota Hilux híbrido pode chegar ao Brasil ainda este ano, já como linha 2025.

Trata-se da terceira reestilização da atual geração, que foi lançada globalmente em 2015 – e no Brasil em 2016. Grande parte das mudanças foram realizadas na dianteira, que ganhou uma nova grade frontal com acabamento preto e efeito colmeia. Já os faróis de LED ganharam nova assinatura visual, enquanto o para-choque ganhou novas entradas de ar e um detalhe em alumínio na parte inferior central.

Já na traseira, a tampa da caçamba ganhou amortecedores. Sob o capô, o destaque fica para o sistema híbrido-leve de 48V no motor 2.8 turbo diesel de 204 cv e 500 Nm. Assim como na Europa, o motor a combustão é auxiliado por um gerador de partida de 48V, que oferece 16 cv e 65 Nm extras para melhorar a aceleração e a eficiência energética. 

Novo Toyota Hilux híbrido
Novo Toyota Hilux híbrido
Foto: Toyota/Divulgação

A energia necessária para o gerador é armazenada por uma bateria de lítio carregada pelo alternador e pela energia cinética em frenagens. O objetivo é reduzir o consumo de combustível em até 10% e manter o funcionamento de alguns recursos do carro ao desligar o motor a combustão ou em situações específicas.

Não há mudanças na capacidade de carga e reboque da Hilux, que também manteve o atual câmbio automático de 6 marchas, sempre com tração 4x4 com as funções 4x2 e 4x4 reduzida. 

O novo Toyota Hilux híbrido deve chegar na Argentina – onde é produzido – e no Brasil em meados deste ano. O sistema eletrificado será a última novidade antes da chegada da nova geração da picape, que terá uma inédita versão elétrica. As novidades no visual ainda não foram confirmadas, uma vez que a Hilux teve alterações estéticas no Brasil no ano passado.

Guia do Carro
Compartilhar
Publicidade
Publicidade