Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

Língua geográfica e outras! Veja as doenças mais incomuns

Apesar da língua geográfica ter viralizado, o órgão pode se apresentar de outras formas incomuns. Veja alguns exemplos

12 jan 2022 09h10
Compartilhar

Uma brasileira viralizou no fim do ano passado por conta de uma situação bucal incomum e muito polêmica: sua língua geográfica. A condição, que deixa a língua com lesões sobressalentes, é benigna e é conhecida cientificamente como eritema migratório ou glossite migratória.

De acordo com reportagem da BBC, o termo migratório se deve à variação na aparência, tempo de duração e local das lesões. Já o "geográfica" está relacionado ao relevo e desenhos como "mapas" que se formam na superfície da língua.

Publicidade

As lesões ocorrem por conta da perda das papilas filiformes, que são pequenas saliências que todos temos no dorso da língua. Podem se apresentar como áreas vermelhas e, às vezes, com bordas brancas irregulares. A característica pode ser temporária ou permanente. Estresse e ansiedade podem agravar o quadro.

Apesar da língua geográfica ter viralizado, o órgão pode se apresentar de outras formas incomuns. Veja alguns exemplos abaixo:

Macroglossia

"Macroglossia" é outra forma de dizer "língua grande". Essa doença é bastante rara e geralmente ocorre junto com uma condição congênita ou se desenvolve como resultado de uma condição adquirida. Nos casos mais raros, a pessoa pode nascer com uma língua maior, algo considerado hereditário. Porém, a Organização Nacional para Distúrbios Raros dos Estados Unidos relata que existam apenas 50 casos registrados.cTratamento da condição poderá ajudar a diminuir o tamanho da língua. Cirurgia também é uma opção.

Língua fissurada

A língua fissurada é outro tipo muito raro de anormalidade lingual, pelo menos nos Estados Unidos. Ela afeta somente 5% da população americana, mas pode chegar a mais de 21% no mundo todo. O sinal mais conhecido da língua fissurada é a presença de sulcos na superfície da língua. Os sulcos ou fissuras dão à língua uma aparência enrugada e texturizada. A boa notícia é que, em geral, ela é uma patologia inofensiva.

Publicidade

Língua pilosa negra

A língua pode desenvolver uma textura "pilosa" dentre outros motivos, se você não escovar os dentes com frequência. Na realidade, não crescem pelos na língua pilosa negra. O aspecto "peludo" consiste no alongamento das papilas gustativas existentes na língua, conferindo a mesma um aspecto peludo. Já a coloração escura resulta do acúmulo de detritos, bactérias ou leveduras, explica a Academia Americana de Medicina Oral. A língua pilosa negra pode parecer preocupante e talvez venha acompanhada de mau hálito ou paladar alterado.

Cores alteradas da língua

Uma língua saudável tem cor rosada. Se a sua língua estiver com uma tonalidade diferente, pode ser sinal de que há algo de errado. Por exemplo, uma camada branca na língua pode ser um sintoma que vai desde boca seca até candidíase oral. Língua vermelha com textura macia pode ser um sinal de deficiência de niacina (B3), enquanto a língua de cor clara pode ser sintoma de anemia. Tratar a causa, seja uma infecção por fungos ou deficiência nutricional, pode ajudar a sua língua a ter de volta a saudável cor rosada.

Fonte: Colgate.com.br

Foto: Pexels
Fonte: FF Este conteúdo é de propriedade intelectual do Terra e fica proibido o uso sem prévia autorização. Todos os direitos reservados.
Fique por dentro das principais notícias
Ativar notificações