PUBLICIDADE

Chuvas fecham Casa e Museu do Hip Hop em Porto Alegre, RS

Situação mais grave é da Casa do Hip Hop, em Esteio, Região Metropolitana, com a água na porta. Ano passado, foi alagada

2 mai 2024 - 14h27
(atualizado às 15h00)
Compartilhar
Exibir comentários
Resumo
Museu da Cultura Hip Hop do Rio Grande do Sul ainda não corre risco de alagamento, mas foi fechado. A Casa do Hip Hop, em Esteio, alagada no ano passado, corre risco de ser alagada a qualquer momento. Equipamentos foram colocados no segundo andar. O bairro de São Sebastião, onde fica a Casa, é um dos mais afetados da cidade.
Um dos bairros mais afetados de Esteio, na Região Metropolitana de Porto Alegre, é o São Sebastião, onde fica a Casa do Hip Hop
Um dos bairros mais afetados de Esteio, na Região Metropolitana de Porto Alegre, é o São Sebastião, onde fica a Casa do Hip Hop
Foto: Prefeitura de Esteio

O Museu da Cultura Hip Hop do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre, e a Associação da Cultura Hip Hop de Esteio, na Região Metropolitana, estão fechados por causa da chuva. A situação mais grave é a da Associação, conhecida como Casa do Hip Hop – na manhã de 2 de maio, a água atingiu a calçada e, no ano passado, a chuva invadiu o local, com a enchente atingindo dois metros de altura.

“Não queremos que se repita o prejuízo do ano passado, que foi de 150 mil reais. Só agora a gente estava retomando as atividades, mas tudo indica que ainda seja possível acontecer outras catástrofes”, diz o rapper Rafa Rafuagi.

O riacho que passa atrás da Casa do Hip Hop transbordou. Entre as providências possíveis, o acervo e outros materiais, como computadores, foram levados para o segundo andar.

Não há data para retorno das atividades na Casa, fundada em 2012. Rafuagi e outras lideranças do hip hop gaúcho estão monitorando a situação. Inevitavelmente, a água vai entrar se a chuva não parar.

Imagens de câmeras de segurança de Esteio na manhã de 2 de maio. Na parte superior da foto, Casa do Hip Hop. Falta pouco para a água invadir
Imagens de câmeras de segurança de Esteio na manhã de 2 de maio. Na parte superior da foto, Casa do Hip Hop. Falta pouco para a água invadir
Foto: Reprodução

O bairro São Sebastião, onde fica a Casa do Hip Hop, é um dos mais afetados de Esteio, a menor cidade do Sul do Brasil em área ocupada. Tem pouco mais de 83 mil habitantes.

A prefeitura decretou situação de emergência por causa dos mais de 300 milímetros de chuva, superando a média histórica de todo mês de abril. 243 pessoas estão recolhidas em quatro abrigos da cidade.

Museu da Cultura Hip Hop

O Museu da Cultura Hip Hop, em Porto Alegre, tem previsão de retorno das atividades para o dia 8 de maio. Por enquanto, as chuvas não comprometeram as estruturas, nem o acervo. Houve goteiras na laje. Os drenos, instalados no pátio do Museu, vão ser testados.

No local existem salas expositivas, ateliê de oficinas, café, loja, estufa agroecológica, biblioteca, quadra poliesportiva, centro de treinamento de breaking e um estúdio. São seis mil itens, entre arquivos físicos e digitais.

Inaugurado em dezembro, o Museu está localizado na rua Parque dos Nativos, na Vila Ipiranga, na zona norte. Desde o começo da semana, o bairro é atingido pelas chuvas, demandando atendimento emergencial. Segundo a Defesa Civil, houve deslizamento de solo e danos a telhados.

As áreas em vermelho são as mais afetadas. Rio Grande do Sul deve enfrentar a pior enchente de todos os tempos
As áreas em vermelho são as mais afetadas. Rio Grande do Sul deve enfrentar a pior enchente de todos os tempos
Foto: Governo RS

Hip hop nas áreas de alagamento

“Nós temos hip hoppers vivendo na Vila Ezequiel, que é onde mais alaga em Esteio, próximo à Casa da Cultura”, relata Rafuagi.

Em Porto Alegre, as áreas alagadas também são periféricas, com presenças de ativistas do movimento hip hop. No bairro Sarandi, ao lado do Museu do Hip Hop, moram Gau Beats, DJ e beatmaker, e o produtor musical Jay Gueto.

Ele faz parte do projeto Partiu Aula na Justiça, que recupera jovens através do rap, e está com as aulas canceladas por causa das chuvas.

Na zona norte, no bairro Rubem Berta, vizinho a locais de alagamento, funciona a Casa do Hip Hop Rubem Berta. Ela existe desde 2017, mas há pelo menos 16 anos a comunidade promove o Festival Cohab é Só Rap, um dos maiores eventos do gênero do Rio Grande do Sul.

Presidente Lula e o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, se encontram para discutir o enfrentamento às enchentes
Presidente Lula e o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, se encontram para discutir o enfrentamento às enchentes
Foto: Valter Campanato/AB

“Será o maior desastre que nosso estado tenha enfrentado”, disse o governador Eduardo Leite (PSDB). O presidente Lula viajou para o Rio Grande do Sul na manhã de 2 de maio.

Serviço

Há várias campanhas em prol das vítimas da chuva no Rio Grande do Sul.

O pessoal do hip hop de Esteio disponibiliza o PIX achesteio@gmail.com

A Associação de Juízes do Rio Grande do Sul (Ajuris) está arrecadando doações.

Fonte: Visão do Corre
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade