PUBLICIDADE

Ervas e chás para equilibrar sua energia

Fitoenergética utiliza energia das ervas para prevenir e curar doenças; vem entender tudo!

24 abr 2024 - 10h19
Compartilhar
Exibir comentários
Plantas para equilibrar os Chakras
Plantas para equilibrar os Chakras
Foto: Pexels / Personare

Além de limpezas, meditação, yoga e cristas, você sabia que podemos usar plantas para equilibrar os Chakras? Por isso, as plantas têm papel importante na prevenção e cura de doenças.

A Fitoenergética, ou seja, a utilização da energia de plantas e vegetais ajuda no tratamento do campo vibracional das pessoas, trazendo equilíbrio emocional, aumentando a imunidade, limpando e curando órgãos do corpo doentes.

Além disso, ajuda a prevenir e tratar doenças causadas por fatores psicológicos, como depressão, quadros de ansiedade, transtornos de humor, entre outras dificuldades que surgem cada vez mais em consultórios terapêuticos.

É só pensar que somos formados por energia condensada (matéria), que pode ser desequilibrada e sofrer alterações por meio de pensamentos, sentimentos e atitudes. Quando isso acontece, nosso corpo físico fica suscetível a várias doenças.

Mas vale reforçar que a Fitoenergética não substitui o tratamento médico e uso de medicamentos, mas pode ser usada como forma complementar no tratamento de doenças.

O poder das Plantas para equilibrar os Chakras

Temos, ao todo, sete centros energéticos principais, localizados na coluna vertebral - também chamados de Chakras.

Estes pontos são responsáveis por estimular as glândulas do corpo a atuar em nossos órgãos. E uma das formas de equilibrá-los é por meio da Fitoenergética.

Ou seja, como as plantas possuem um alto padrão vibracional, com características próprias, é possível usá-las para prevenir e curar muitas doenças causadas pelo desequilíbrio energético destes centros.

E é muito simples utilizar a energia das plantas a seu favor, por exemplo:

O terapeuta holístico Bruno Gimenes foi quem conceituou a energia das plantas como Fitoenergética.

Em suas pesquisas e experimentos, ele descobriu que através da mentalização positiva é possível potencializar os efeitos energéticos dos chás. Por outro lado, pensamentos negativos e emoções desequilibradas alteram negativamente a energia das plantas.

Dicas de plantas para cada Chakra

Em seu livro "Fitoenergética: a energia das plantas no equilíbrio da alma" (Ed. Luz da Serra), Bruno Gimenes enumerou diversas plantas, explicando de que forma atuam em nosso corpo energético.

Veja abaixo uma lista de sugestões de como utilizar a energia das plantas para equilibrar os principais Chakras do corpo.

Chakra Raiz ou Básico

Este Chakra localiza-se na base da coluna vertebral e é o responsável por manter nossa energia física saudável e equilibrada. Quando está em desequilíbrio, este centro energético pode levar a problemas nas pernas, pés, sistema imunológico, depressão e doenças autoimunes.

Foto: Personare

Neste caso, você pode utilizar o chá de dente de leão, assim como vegetais que enraízam, como cenoura, batata, rabanete, entre outros.

Como consumir o chá e os vegetais

Pode fazer o chá de dente de leão com a infusão desta planta em água quente, por pelo menos 5 minutos. Depois, basta consumir o preparo, de preferência morno. Já os vegetais com raízes podem ser consumidos preferencialmente crus, na forma de saladas.

 Chakra Sacral

Localizado próximo ao abdome (na região dos ovários para mulheres e próstata para os homens), a qualidade deste Chakra é a criatividade, sensualidade e expressão sexual. Quando bloqueado, pode levar a distúrbios alimentares ou infecções urinárias recorrentes de desequilíbrios emocionais.

Foto: Personare

Se você percebe que este Chakra está em desalinho, utilize o chá de calêndula, que estimula a criatividade em todas as áreas da vida.

Como usar

Deixe a Calêndula em infusão na água morna por 5 minutos. Outra possibilidade é comprar o chá em lojas de produtos naturais.

Foto: Personare

Além disso, você pode utilizar no Chakra Sacral a Gardênia, pois traz sensação reconfortante e energia de felicidade.

Como usar a Gardênia: utilize a Gardênia in natura, sob a forma de óleo ou spray. Você pode encontrar tanto o óleo quanto a planta in natura em lojas que comercializam produtos naturais e de aromaterapia.

Para fazer um spray, pingue 12 gotas do óleo essencial de Gardênia em 100ml de álcool de cereais (encontra-se nas lojas de produtos naturais) e armazene em um borrifador. Utilize a mistura no ambiente, sempre que achar necessário.

Outra forma é deixar a planta in natura ou desidratada em infusão no álcool de cereais por pelo menos duas semanas. Após este período você pode coar e utilizar a tintura no ambiente, por meio de um borrifador.

Foto: Personare

Experimente, ainda, o óleo essencial de Sândalo, que trata infecções, estimula o crescimento de células saudáveis em nosso organismo e traz a energia da sensualidade.

Como usar o Sândalo:

Você pode usar 12 gotas do óleo essencial de Sândalo em um difusor para ambientes ou em spray. Neste último caso, basta diluir 12 gotas do óleo essencial em 100 ml de álcool de cereais, em um recipiente com vaporizador.

Depois, borrife a mistura no ambiente em que se encontra ou ao redor do seu corpo sempre que sentir necessidade. Quando for utilizar ao redor do corpo, cuidado, apenas, para não borrifar a mistura nos olhos.

 Chakra Plexo Solar

Este é o centro do controle das emoções e autocontrole. Quando está em desequilíbrio, pode gerar sensação de baixa autoestima, depressão, pensamentos de desconfiança em relação às outras pessoas e ansiedade.

Como consequência, pode manifestar no corpo físico uma série de doenças, como: má-digestão, úlceras, problemas nos rins ou fígado, além de anorexia, bulimia e até mesmo tumores no aparelho digestivo.

Para reestabelecer o fluxo energético do Plexo Solar, você pode usar óleo essencial de Lavanda, Bergamota ou Alecrim. A Bergamota é excelente para o sistema digestivo, pois acelera o processo de digestão, não sobrecarregando os órgãos. Já o Alecrim age da mesma forma, além de trazer sensação de conforto e otimismo frente às dificuldades.

Foto: Personare

Por último, a Lavanda é um excelente antidepressivo, tem o poder de relaxar, acalmar e diminuir a ansiedade.

Como usar os óleos essenciais:

Você pode utilizar estes óleos puros em difusores de ambientes. Outra opção é preparar um spray com cada um deles. Neste caso, dilua 12 gotas do óleo essencial escolhido em 100 ml de álcool de cereais, em um recipiente com vaporizador.

Depois, borrife a mistura no ambiente em que se encontra ou ao redor do seu corpo sempre que sentir necessidade. Quando for utilizar ao redor do corpo, cuidado, apenas, para não borrifar a mistura nos olhos.

Outra ótima opção é utilizar o Alecrim como tempero ou em chás. Neste caso, basta deixar a erva fazendo infusão em água morna por 5 minutos.

Algumas ervas e especiarias também são úteis, como anis, aipo, canela, hortelã, gengibre, melissa, açafrão, cominho e erva-doce. Com exceção do cominho e do açafrão, você pode tomar todas as outras plantas sob a forma de chá, em infusão em água morna por 5 minutos. Os outros, você pode utilizar como temperos nas comidas.

Chakra Cardíaco

O Chakra do coração é o centro das nossas emoções. Nele estão presentes os sentimentos de amor, compaixão e perdão. Quando esse Chakra está em desalinho energético, podemos nos sentir desconectados e com dificuldades para amar a nós mesmos e os outros.

Muitas emoções e sentimentos negativos, como raiva, tristeza, ciúme, temores de traição ou de solidão estão ligados a este centro energético.

Foto: Personare

Neste caso, ingerir um chá de Espinheira Santa aumenta a confiança no processo da vida e incentiva você a se sentir seguro ao seguir seu coração. Ele também ajuda a fortalecer o coração e os vasos sanguíneos.

Como consumir o chá de Espinheira Santa: deixe esta planta em infusão na água quente, por pelo menos 5 minutos. Depois, basta coar e consumir a bebida, de preferência morna.

Foto: Personare

Você também pode usar pimenta caiena, jasmim, lavanda, manjericão, sálvia, tomilho, coentro e salsa para um coração saudável de todas as formas.

Como utilizar as plantas acima

Por terem uma energia de cura, física, emocional e até mesmo espiritual, você pode inferir as plantas sob a forma de chás (infusão da planta em água morna por 5 minutos) ou na forma de óleos essenciais.

Neste caso, utilize-os como sprays (use, em um borrifador, 12 gotas do óleo escolhido para cada 100ml de álcool de cereais), ou em difusores elétricos (pingue 12 gotas de óleo), difusores com velas (pingue de 8 a 10 gotas do óleo) e em difusores pessoais. Estes últimos são colares que você pode adquirir em lojas especializadas.

Seu pingente tem um pequeno recipiente no qual você pinga uma gota do óleo essencial e fica inalando e sentindo suas propriedades ao longo do dia.

Outra sugestão para quem sente que este Chakra está desequilibrado é fazer um spray com 100 ml de álcool de cereais e 12 gotas de óleo essencial de Palma Rosa ou May Chang, que trabalham a energia do amor incondicional e o equilíbrio das emoções.

Você pode vaporizá-lo em si ou no ambiente quando sentir necessidade.

Chakra Laríngeo

Este chakra trabalha a capacidade de expressão e comunicação. Por isso, quando está em equilíbrio, conseguimos nos expressar de forma leve, clara e podemos comunicar nossa intenção.

Mas se há algum desnível energético, nos leva a ter problemas de tireoide, laringite, dependência no nível emocional e insegurança. Normalmente, este processo ocorre com quem sente dificuldades de falar em público, por exemplo.

Foto: Personare

A erva-cidreira é capaz de curar várias dessas doenças, incluindo problemas na tireoide.

Como usar a erva-cidreira

Utilize sob a forma de chá. Para isso, coloque a planta em infusão na água quente, durante 5 minutos. Depois, coe e consuma a bebida.

Outra forma é deixar a erva-cidreira in natura ou desidratada em infusão no álcool de cereais por pelo menos duas semanas. Após este período você pode coar e utilizar a tintura no ambiente, por meio de um borrifador.

Existe mais uma possibilidade, que é a de fazer um spray, usando pingue 12 gotas do óleo essencial de Erva-Cidreira em 100ml de álcool de cereais (encontra-se nas lojas de produtos naturais) e armazenar em um borrifador. Utilize a mistura no ambiente, sempre que achar necessário.

Foto: Personare

O óleo essencial de Eucalipto também é muito benéfico para o descongestionamento deste Chakra.

Como usar o óleo essencial de Eucalipto

Faça um spray, usando pingue 12 gotas do óleo essencial de Eucalipto em 100ml de álcool de cereais (encontra-se nas lojas de produtos naturais) e armazene em um borrifador. Utilize a mistura no ambiente, sempre que achar necessário.

Outra opção é pingar 12 gotas do óleo essencial de Eucalipto em um difusor para ambientes

Chakra Frontal ou Terceiro Olho

Associado à intuição e à glândula pineal. Por isso, quando bloqueado, tendemos falta de imaginação e intuição. Fisicamente, o desalinho do terceiro olho pode se manifestar como problemas nos olhos e ouvidos, dores de cabeça, enxaquecas, insônia e pesadelos.

Foto: Personare

Neste caso, use os óleos essenciais de Menta e Jasmim para abrir o sexto Chakra. A menta tem sido usada como apoio na cura da depressão, enxaquecas e perda de memória.

Ela também aumenta a conexão entre mente e corpo. Já o Jasmin aumenta a sensibilidade e abre os canais de conexão espiritual.

Como usar a Menta e o Jasmin

Utilize apenas 1 gota de um dos óleos esseciais escolhido diretamente sobre a área do terceiro olho (entre os dois olhos). Além disso, chás de alecrim e artemísia também são muito benéficos para essas questões. Prepare também através de infusão por 5 minutos

 Chakra Coronário

É associado à sabedoria, iluminação e transcendência. Por isso, quando em equilíbrio conseguimos sentir a conexão com o divino que existe dentro de nós. Já se está bloqueado, nos sentimos desconectados espiritualmente e passamos a viver sem direção ou propósito.

No nível físico, pode causar depressão, enxaquecas, dificuldades de memorização, dislexia e, em casos extremos, doenças mentais.

Foto: Personare

As flores de lavanda e de lótus (foto ao lado) auxiliam a abertura do sétimo Chakra. A lavanda traz alinhamento com a sabedoria divina e é uma erva utilizada para melhorar os processos de Meditação, pois possui a energia de abertura dos canais de ligação com o divino.

Como usar a flor de lótus e lavanda

Utilize a lavanda ou a flor de lótus dentro de um vaso, no local onde você for meditar, pode proporcionar está abertura espiritual.

Já o óleo essencial de Lavanda deve ser usado, caso queira sentir de forma intensa os benefícios, pois traz benefícios e equilíbrio a todos os Chakras.

Basta pingar 8 gotas do óleo em um difusor ou misturar 12 gotas em 100ml de álcool de cereais e colocar em um borrifador para usar como spray, sempre que sentir necessidade.

O óleo essencial de Flor de Lótus também nos traz essa energia e pode ser usado da mesma forma que o de Lavanda. No entanto, como esta flor é rara, seu óleo essencial é muito difícil de ser encontrado. Neste caso, uma opção é utilizar incensos feitos com a planta.

A natureza é sábia e nos trouxe as plantas como um belíssimo presente. Incorpore a fitoenergética em sua vida e sinta os seus inúmeros benefícios!

O post Ervas e chás para equilibrar sua energia apareceu primeiro em Personare.

Adriana Feijó (adrimfeijo@gmail.com)

- Psicóloga, atua com Mesas Multidimensionais (Arcturiana e Ascensão Estelar), Tarô, Cartas Ciganas, ThetaHealing e Barras de Access. É facilitadora nos cursos de Reiki Xamânico e Cartas Ciganas.

Personare
Compartilhar
Publicidade
Publicidade