0

Sauna é atividade que relaxa e faz bem para a pele

6 jul 2009
08h32
atualizado às 08h37

Cercada de mitos e crenças, o hábito de frequentar saunas é ainda mais corriqueiro no inverno, mesmo que não seja dos mais rigorosos, como no Rio. O relaxamento, provocado pela liberação de endorfina, leva muita gente às relaxantes sessões de descanso turbinadas por altas temperaturas e duchas geladas. Em academias de ginástica, o uso também é muito comum, pois o suor elimina o ácido lático, que é produzido após exercícios físicos.

Fazer sauna em excesso pode desidratar e envelhecer a pele
Fazer sauna em excesso pode desidratar e envelhecer a pele
Foto: Getty Images



» Leia mais notícias do jornal JB Online
» vc repórter: mande fotos e notícias
» Chat: tecle sobre o assunto

Porém, quem espera emagrecer usando sauna pode se decepcionar. Há apenas uma sensação temporária de perda de peso, pois o corpo perde líquido, que é recuperado com uma posterior hidratação, explica o clínico geral do hospital Samaritano, Luiz Fernando Correia.

"Não há dúvida que é uma atividade relaxante. Mas há cuidados especiais para quem tem problemas cardíacos ou é asmático. A combinação de calor e umidade acelera o batimento cardíaco e força a respiração. Por isso, ela deve ser feita, nestes casos, após orientação médica", alerta Correia.

A terapeuta Nathalie Brahmani, 43 anos, prefere a sauna a vapor, que, segundo ela, faz o corpo transpirar mais. Nathalie, que trouxe para o Rio o Photo Dome (espécie de sauna moderna, individual e com efeito mais potente) aconselha os frequentadores a cobrirem a cabeça com uma toalha gelada para "não esquentar muito a cabeça", além de ingerir bastante água depois que sair da sauna.

Pele
A dermatologista Vivian Flores da Cunha, da Sociedade Brasileira de Dermatologia e do hospital Badim, alerta que o excesso de sauna pode até envelhecer a pele, por causa da perda de líquido do corpo. Por outro lado, a alta temperatura abre os poros e elimina as impurezas, proporcionando melhor absorção de cremes e óleos, que devem ser aplicados após uma ducha fria, ensina a médica.

A alergista do Hospital Balbino, Izilda Bacim, considera polêmica a discussão sobre os benefícios da sauna. Ela diz que a transpiração ajuda a diminuir as toxinas do corpo, mas alerta para a mudança de temperatura que baixa a imunidade do organismo - que fica suscetível a infecções de bactérias, fungos, vírus.

José Cândido Lopes, 19 anos, vai à sauna quase todos os dias após fazer musculação na academia Estação do Corpo, na Lagoa. Ciente de que a alta temperatura faz o corpo perder muito líquido (ainda mais depois da malhação) ele repõe a perda bebendo muita água. "Já ouvi falar muito que desidrata. Mas às vezes eu também vou quando estou com o nariz um pouco entupido, é bom para limpar, além de ser relaxante. Então, ela une o útil ao agradável."

Carolina Pereira, 17 anos, começou a frequentar saunas com as amigas em Itaipava. O inverno, para ela, é mais um estímulo para suar um pouquinho e conversar com a colega de academia, Ana Luiza Mattos, 25 anos. "Gosto de passar creme, fazer massagem no cabelo. A única coisa é que bate um cansaço depois, mas eu gosto muito", diz Ana Luiza.




Jornal do Brasil Jornal do Brasil

compartilhe

publicidade