PUBLICIDADE

Exercícios físicos e saúde mental: aprenda a praticar esportes sem sair de casa

Atividade física regular pode combater sintomas de ansiedade e depressão; entenda

9 set 2021 11h56
| atualizado às 13h59
ver comentários
Publicidade
Exercícios Físicos e Saúde Mental(1)
Exercícios Físicos e Saúde Mental(1)
Foto: Shutterstock / Sport Life

A prática de exercícios físicos com regularidade é uma grande aliada para manter a saúde mental em dia. Sabe aquela sensação de dever cumprido após sair da academia, ou completar uma prova de 10 km? Ou então aquele clima gostoso de confraternização depois de uma partida de futebol com os amigos? São efeitos da liberação de hormônios do prazer, que o esporte proporciona.

De acordo com a Dra. Gesika Amorim, especialista em neurodesenvolvimento e saúde mental, esses hormônios, responsáveis por melhorarem a saúde mental, são opioides endógenos, também conhecidos como endorfinas. "São substâncias que combatem a dor e causam prazer após atividade física extenuante. É aquela sensação boa, de bem-estar. Além disso você tem também a produção de adrenalina e noradrenalina, que são catecolaminas estimulantes", explica.

Amorim também conta que outra substância liberada pelo organismo é o glucagon. Um hormônio que auxilia na perda de peso. "Então, de forma global, toda a parte endócrina e neurológica é estimulada com a atividade física", pontua.

Para a especialista, exercícios físicos geram ótimos benefícios para a saúde mental e contra todos os tipos de transtornos comportamentais. Além de serem excelentes para o cérebro em todas as situações. "Durante a realização de atividades físicas você tem a formação de sinapses entre os neurônios e a neuro-multiplicação em áreas importantes do cérebro, relacionadas com cognição e memória", conta a médica.

Porém, com a pandemia de covid-19, muitas pessoas acabaram abandonando a realização de atividades físicas. O isolamento social, fundamental para combater os avanços do coronavírus, deixou algumas sequelas na sociedade. Por mais que - com o avanço da vacinação - academias e parques comecem a reabrir, alguns indivíduos ainda se sentem inseguros em retomar suas atividades.

Para isso, uma boa alternativa é apostar em exercícios físicos que podem ser realizados em casa. A personal trainer, Vanessa Furstenberger, separou algumas dicas para manter os exercícios e, consequentemente, a saúde mental em dia. Confira:

1. Organização

Primeiro de tudo, é importante separar um espaço que seja fácil de treinar. Quer dizer, sem ter que tirar muita coisa, ou organizar muito na hora do treino. "Quanto mais dificuldades tivermos para começar o treino, maior será a preguiça para que isso aconteça", conta.

2. Ter um horário certo

É importante adaptarmos o horário de trabalho (home office), estudo ou de tarefas de casa mesmo. "Firmar um compromisso com você mesmo e não falhar fica mais fácil de manter a regularidade dos treinos", aconselha Furstenberger.

3. Segurança

Para evitar lesões e acidentes, "uma dica é usar tapetes no caso de pisos escorregadios e tirar objetos que possam causar acidentes durante a sua movimentação", afirma.

4. Ambiente

Uma boa maneira de evitar a desistência é manter as janelas abertas, o ambiente claro e arejado. "Se o local escolhido para o treino for pouco ventilado e não possuir ar-condicionado, providencie um ventilador para os dias mais quentes", recomenda Furstenberger.

Sport Life
Publicidade
Publicidade