0

Novas formas e brigas: como fica o amor nas próximas semanas

10 fev 2020
09h00
atualizado em 11/2/2020 às 13h08
  • separator
  • 0
  • comentários

A partir do dia 07 de fevereiro, as energias começaram a vibrar em outra direção, pois, além da Lua Cheia em Leão, Vênus, o planeta do amor e dos relacionamentos, entrou no signo de Áries.

Quem se dá bem no amor nas próximas duas semanas?
Quem se dá bem no amor nas próximas duas semanas?
Foto: iStock

O amor começou a tomar conta do astral e pensar em relacionamentos amorosos torna-se mais agradável, mais leve, sem uma carga emocional excessiva, que costuma atrapalhar alguns relacionamentos. Vamos lembrar que, na maioria dos relacionamentos, quando a paixão e o envolvimento começam a ficar mais intensos, nossa tendência inconsciente é abrir as portas do passado infantil e, dessa maneira, todos os pesos emocionais relacionados à rejeição, abandono, raivas infantis, começam a vir à tona. É por isso que as brigas, os ciúmes, o sentimento de posse aumentam. Tentamos, a todo custo, validar nossas neuroses.

Relacionar-se, apaixonar-se, amar é uma tarefa que deve ser aprendida e enfrentada corajosamente. Amar é correr riscos, viver é correr riscos. As expectativas são inevitáveis, mas devemos arrancar de nossas fantasias, o amor romântico e para o resto da vida que nos foi ensinado. Esse é o principal foco de sofrimento que percebo nos relacionamentos. Amar a si mesmo, sem narcisismos e amar o outro de maneira mais leve, aceitando seus limites é a melhor escolha.

As próximas semanas de fevereiro, com a entrada de Vênus em Áries, nos possibilita esse amor mais leve e apaixonado. Vênus em Áries ama a paixão, a primeira faísca da atração, a aventura de caminhar na direção do outro, sem saber direito onde estamos pisando. Vênus em Áries arrisca-se, cria expectativas, idealiza e apaixona-se com muita facilidade. As próximas semanas serão bastante agradáveis, pelo menos, até Saturno e Plutão começarem a pressionar e trazer alguns ingredientes infantis à tona. Perceba esse processo dentro de si mesmo, para que brigas e discussões totalmente desnecessárias, sejam evitadas.

É claro que e mais fácil falar sobre esses difíceis conteúdos que emergem, do que vivê-los. Mas o primeiro passo para transformá-los (Plutão), é compreendê-los.

Arianos e arianas, librianos e librianas, assim como sagitarianos e sagitarianas, serão os mais influenciados e o amor ganha forma, as paixões acontecem com muita fluidez e tranquilidade. Se estiver só, uma pessoa interessante, que vai despertar sua paixão, pode atravessar seu caminho. Se for comprometido, o amor ganha ares míticos e a aventura romântica pode tomar conta do espírito do relacionamentos.

Taurinos e taurinas podem viver a experiência de reencontrar um amor do passado ou, ao  menos, perder-se em pensamentos nostálgicos. Mas, certamente, de uma maneira ou de outra, um amor do passado pode voltar a bater na porta de seu coração.

Geminianos e geminianas vão sentir a vida social ganhar um novo colorido e movimento e, entre idas e vindas, um novo romance pode começar. Um amigo pode apresentar uma pessoa interessante, que vai mexer com sua fantasia ou pode se declarar.

Cancerianos e cancerianas, assim como capricornianos e capricornianas, virginianos e virginianas e piscianos e piscianas, contam com a presença de Júpiter em Capricórnio que, mesmo com Saturno e Plutão nesse signo, pode trazer alguma surpresa, não muito romântica, mas com promessa de estabilidade e seriedade.

Leoninos e leoninas podem se encantar por uma pessoa estrangeira ou conhecer o amor em uma viagem. Aquarianos e aquarianas podem se surpreender com a declaração de amor de um amigo.

Escorpianos e escorpianas contam com a presença de Urano em Touro, que tem movimentado em demasia os relacionamentos, aproximando pessoas diferentes, até meio exóticas, propondo relacionamentos mais abertos e cheio de aventuras.

Terminando fevereiro, nossa deusa entra no signo de Touro, sua casa mais aconchegante. Em Áries, ela se diverte com paqueras, "ficadas" e, quem sabe, com sorte, um amor duradouro pode surgir ainda este mês.

Veja também:

Fonte: Eunice Ferrari
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade