PUBLICIDADE

Queimaduras são mais frequentes em junho; saiba como prevenir

Com as festas juninas, os acidentes com fogueiras e fogos se tornam mais frequentes. Veja como evitar e tratar queimaduras

17 jun 2023 - 17h01
(atualizado em 19/6/2023 às 22h14)
Compartilhar
Exibir comentários

A campanha Junho Laranja conscientiza sobre a prevenção de queimaduras. A escolha do mês se deu porque, nesse período de festas juninas, há um aumento de acidentes por fogueiras e fogos de artifício. Pensando nisso, o cirurgião plástico Dr. Victor Hugo Cordeiro dá algumas dicas para auxiliar no tratamento e na prevenção de queimaduras.

Quais os diferentes graus de queimadura na pele?

Ele explica que a pele é o maior órgão do corpo humano e, quando se trata de queimadura, sua gravidade se caracteriza pelo grau de profundidade. Isto é, 1º grau, causando vermelhidão; 2º grau, gerando bolha; e  3º grau, queimadura profunda, podendo chegar a estruturas nobres como músculo e órgãos.

Além disso, a extensão também influencia na gravidade do problema.  "Dependendo do grau, é necessário o uso de curativos especiais, desbridamento químico e físico, como retirada do tecido morto. Nestes casos mais profundos e graves há necessidade de enxertos de pele e novas tecnologias como pele artificial entre outras", detalha o médico.

Como prevenir e tratar queimaduras?

A melhor conduta para prevenir queimaduras é manter uma distância segura de fogueiras e fogos de artifício. "Deixe quem tem experiência ou profissional manusear fogos de artifício e fogueiras", orienta Victor Hugo. 

"Em caso de queimadura por fogo, leve a uma fonte de água limpa e corrente em abundância. Em seguida, encaminhe a um centro especializado queimados ou ao hospital mais próximo", acrescenta. 

O cirurgião pede atenção redobrada com as crianças, pois os números de acidentes são alarmantes. "Não deixem próximos a fogueiras e fogos de artifício. Curtam essa festa linda com responsabilidade", finaliza.

Queimaduras são mais frequentes em junho; saiba como prevenir -
Queimaduras são mais frequentes em junho; saiba como prevenir -
Foto: Shutterstock / Saúde em Dia
Saúde em Dia
Compartilhar
Publicidade
Publicidade