0

Blogueira plus size cria campanha com fotos de biquíni

Corissa Enneking, de 21 anos, defende a diversidade dos corpos plus size entre as mulheres

7 jul 2015
12h19
atualizado às 12h35
  • separator
  • 0
  • comentários

A blogueira plus size Corissa Enneking, de 21 anos, defende a diversidade de corpos, se autoproclama "garota gorda e feliz" nas redes e tem chamado a atenção na internet por outros dois motivos: primeiro, suas fotos de biquíni e vestidos curtos e, segundo, por questionar uma assunto que há tempo é discutido no mercado da moda de tamanhos maiores. Mas, afinal, o que é ser modelo plus size?

Siga Terra Estilo no Twitter

Foto: @fatgirlflow / Instagram / Reprodução

Para ela e a maioria dos consumidores são as modelos com mais curvas do que estamos acostumados a ver. No entanto, as modelos deste nicho aparecem em anúncios sem celulite, com um certo tipo de corpo e manequim mais enxuto do que o real, criando,  portanto, um padrão de beleza plus size pré-estabelecido, assim como acontece na moda dita convencional. Por isso, Corissa e várias outras mulheres se juntaram na web para dizer que plus size não tem um tipo "certo ou errado" de corpo, que cada uma delas tem curvas de uma forma e, principalmente, precisam se aceitar como são sem cair nas armadilhas de uma nova regra de "modelo".

"As modelos plus size são sempre brancas, com menos de 30 anos e corpos proporcionais, mas um ideal de plus size não existe. Tem gente com perna fina e barriga grande, com quadril, sem quadril, seios pequenos ou grandes. As mulheres podem se machucar tentando se encaixar neste padrão", disse ao site inglês Daily Mail. E completou: "o movimento não é só para mulheres gordas aceitarem a si próprias e serem aceitas pelas outras pessoas. É para todo mundo. Acho que precisamos abrir espaço para os maiores tipos de pessoas possivel. A variedade é imensa e precisamos garantir que todos os corpos sejam valorizados". 

Foto: @fatgirlflow / Instagram / Reprodução

A entusiasta então pediu nas redes sociais que mulheres acima do peso mandassem fotos usando biquíni. Resultado? A aceitação foi enorme e deu origem a uma galeria chamada "Nós existimos: diversidade de corpos plus size". A americana segue com o projeto e, com a ajuda do namorado para fotografá-la, publica regularmente looks do dia em seu blog. Além disso, não perde o bom humor e usa várias maneiras de exibir os biquínis, vale inclusive gravar vídeo se jogando na piscina.

Se por um lado o projeto teve boa aceitação, por outro, as críticas também apareceram. Mas, sem nenhuma cerimônia, Corissa publica as ofensas que recebe no Instagram e as rebate. Recentemente, disse que sua página "não é espaço para os outros criticarem e sim um lugar privado em que ela celebra e comemora a própria vida". Justo, não? Afinal, todo mundo usa as redes sociais para postar o que acha que tem de melhor em suas vidas.

Foto: @fatgirlflow / Instagram / Reprodução
Foto: @fatgirlflow / Instagram / Reprodução
Foto: @fatgirlflow / Instagram / Reprodução

 

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade