0

Milhares se reúnem em Israel para ver chuva de meteoros

Os meteoros são produzidos por fragmentos do cometa 109P/Swift-Tuttle, que passa ao largo da Terra a cada 133 anos

13 ago 2018
16h51
atualizado às 17h13
  • separator
  • comentários

Milhares de pessoas se reuniram de madrugada em um dos locais mais escuros de Israel na esperança de se maravilharem com a chuva de meteoros anual Perseid, mas ficaram um tanto decepcionadas com o espetáculo.

Moradores tiveram a tarefa rara de conduzir o tráfego na noite sem lua desta segunda-feira em Mitzpe Ramon, no coração do Deserto do Negev, localidade cercada por um terreno descrito como semelhante a uma paisagem lunar ou marciana.

Meteoro cruza o céu no iníci oda manhã durante a chuva de meteoros anual Perseid, perto de Mitzpe Ramon,
em Israel
13/08/2018
REUTERS/Amir Cohen
Meteoro cruza o céu no iníci oda manhã durante a chuva de meteoros anual Perseid, perto de Mitzpe Ramon, em Israel 13/08/2018 REUTERS/Amir Cohen
Foto: Reuters

A família Feinberg, da região de Tel Aviv, dirigiu durante duas horas e meia para o show, mas o número de meteoros, cerca de um ou menos por minuto, não chegou a iluminar a escuridão do céu noturno na Cratera Ramon como em anos anteriores.

"Estamos aqui esperando as estrelas caírem, as crianças estão muito impacientes", disse Eliran Feinberg, de 42 anos, que trabalha para uma empresa de transporte aéreo de carga.

Os meteoros Perseid, que atingem seu auge todo mês de agosto, são produzidos por fragmentos do cometa 109P/Swift-Tuttle, que passa ao largo da Terra a cada 133 anos e visitou o planeta pela última vez em 1992.

O professor Rennan Barkana, chefe do departamento de astrofísica da Universidade de Tel Aviv, disse que a chuva deste ano não foi tão intensa porque a Terra passou por uma parte mais esparsa dos fragmentos do cometa do que outras vezes e porque uma quantidade menor de partículas entrou na atmosfera.

Veja também:

 

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade