PUBLICIDADE

Mundo

Lula reitera desejo de fechar acordo Mercosul-UE neste ano

Brasil deixa a presidência do bloco em 7 de dezembro

21 nov 2023 - 09h49
(atualizado às 10h13)
Compartilhar
Exibir comentários

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva reforçou nesta terça-feira (21) que deseja concluir o acordo comercial entre Mercosul e União Europeia antes de o Brasil encerrar sua presidência no bloco sul-americano, em 7 de dezembro.

Von der Leyen e Lula durante encontro em Brasília, em 12 de junho
Von der Leyen e Lula durante encontro em Brasília, em 12 de junho
Foto: ANSA / Ansa - Brasil

A declaração chega um dia depois de Lula ter conversado com a mandatária do poder Executivo da UE, Ursula von der Leyen, para tentar acelerar as negociações, na esteira da eleição do ultraliberal e crítico do Mercosul Javier Milei como presidente da Argentina.

"Ontem eu liguei para a Ursula von der Leyen para dizer a ela que estou querendo negociar o Mercosul ainda na minha presidência. E gostaria que a gente conseguisse fazer um acordo", disse o petista em sua live semanal na internet.

Segundo Lula, ele passou "todos os pontos nervosos" das tratativas para a chefe da Comissão Europeia. "Ela ficou de me dar uma resposta e de tentar, quem sabe, lá na COP 28, fazer uma reunião comigo e apresentar a resposta definitiva deles sobre nossas demandas", acrescentou.

O Mercosul pede sobretudo mudanças no documento adicional proposto pela UE com sanções em caso de descumprimento de metas ambientais e no artigo que autoriza empresas europeias a participar de licitações governamentais no bloco sul-americano, e vice-versa.

Ansa - Brasil   
Compartilhar
Publicidade
Publicidade