PUBLICIDADE

Itália detecta variante 'rara' de coronavírus pela primeira vez

Nova cepa, chamada de B.1.525, foi descoberta em Nápoles

16 fev 2021 17h38
| atualizado às 17h50
ver comentários
Publicidade

Autoridades sanitárias de Nápoles identificaram nesta terça-feira (16) uma nova variante do coronavírus Sars-CoV-2, "nunca antes detectada na Itália", informou o governo da região da Campânia.

Nova cepa, chamada de B.1.525, foi descoberta em Nápoles
Nova cepa, chamada de B.1.525, foi descoberta em Nápoles
Foto: ANSA / Ansa - Brasil

A nova cepa, chamada de B.1.525, foi descoberta por especialistas do Instituto Pascale e da Universidade Federico II. Este é o primeiro caso do tipo em toda a Itália.

Segundo as autoridades, o paciente é um profissional que retornou de uma viagem à África e teve o resultado de seu teste anti-Covid positivo.

"No momento, o poder de infecção ou outras características dessa variante não são conhecidos, como acontece com muitas mutações raras do vírus", diz a nota oficial.

O pesquisador do Instituto do Câncer de Nápoles, Nicolà Normanno del Pascale, revelou que a sequência genética da amostra deixou os cientistas "desconfiados porque não apresentava semelhanças com outras amostras da região".

"Após uma comparação com o grupo do Departamento de Zoonoses Emergentes do Instituto Superior de Saúde (ISS), tivemos a confirmação de que é uma variante descrita até agora em uma centena de casos em alguns países europeus e africanos, além dos Estados Unidos", explicou.

A nova sequência do Sars-CoV-2 foi depositada no banco de dados internacional, e as autoridades sanitárias da Itália foram notificadas para localizarem as pessoas que tiveram contato com o infectado.

Até agora, somente 32 casos dessa nova cepa foram registrados no Reino Unido, e alguns outros na Nigéria, Dinamarca e Estados Unidos.

Ansa - Brasil   
Publicidade
Publicidade