0

Macri se reunirá com Temer para traçar agenda para o futuro

30 set 2016
22h23
atualizado em 1/10/2016 às 10h01
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
O presidente da Argentina, Mauricio Macri,
O presidente da Argentina, Mauricio Macri,
Foto: Getty Images

O presidente da Argentina, Mauricio Macri, receberá na próxima segunda-feira na residência presidencial de Olivos, na periferia norte de Buenos Aires, o colega brasileiro, Michel Temer, com o objetivo de reforçar o vínculo e traçar uma agenda para o futuro, segundo a agência estatal argentina "Télam".

Temer se encontrará com Macri acompanhado pelo chanceler José Serra e pelos ministros de Defesa, Justiça, Indústria e Comércio, além de outros convidados à reunião pelo governo brasileiro.

Além da agenda bilateral, está previsto que outro dos temas fundamentais na reunião seja o Mercosul, bloco do qual ambos os países fazem parte junto com Paraguai, Uruguai e Venezuela.

"O Brasil é o parceiro estratégico da Argentina, somos muito respeitosos em relação aos processos institucionais do Brasil e nesse caminho trabalhamos com o que o povo brasileiro decide", disse Macri em entrevista à Agência EFE no dia 14 de setembro.

O líder argentino se pronunciou assim ao ser questionado sobre seu apoio a Temer após o impeachment de Dilma Rousseff no final de agosto.

"Se é a Dilma, trabalhamos com Dilma, se é o Temer, trabalhamos com Temer, porque se está bom para o Brasil, está bom para a Argentina e vice-versa. Queremos cooperar, essa é a nossa ideia de futuro para o Mercosul", explicou.

Esta será a primeira reunião bilateral formal entre os dois presidentes, que se encontraram previamente na abertura dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, na mais recente reunião dos países-membros do G20, na China, e na Assembleia Geral da ONU em Nova York.

Após as atividades, o presidente argentino oferecerá um almoço à delegação brasileira. Segundo fontes da presidência, ainda não estão previstos atos públicos abertos à imprensa.

Também na segunda-feira, Temer viajará para Assunção para se reunir com o colega paraguaio, Horacio Cartes, e abordar temas ligados ao desenvolvimento fronteiriço entre ambos os países, além de fomentar o comércio do Mercosul, informou a embaixada do Brasil no Paraguai.

Veja também:

A hipnotizante erupção do vulcão Piton de la Fournaise
EFE   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade