0

#Verificamos: foto não "mostra prédio que desabou em 2012"

1 out 2018
20h06
atualizado em 2/10/2018 às 12h32
  • separator
  • 0
  • comentários

Circulam no Facebook postagens e fotos da capa do jornal O Globo do último domingo (30) com uma imagem aérea da manifestação realizada em frente ao Theatro Municipal do Rio de Janeiro, no centro da cidade, contra a candidatura presidencial de Jair Bolsonaro (PSL).

Segundo os textos dessas postagens, as imagens utilizadas pelo jornal seriam falsas, pois mostrariam um edifício que desabou no local em 2012. Por meio do projeto de verificação de notícias, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

Foto: Agência Lupa

"Jornal O Globo publica foto de manifestação antiga. Só que eles esqueceram de apagar o prédio de traz (sic) que desmoronou"
Texto que acompanha imagens publicadas no Facebook (aqui, aqui e aqui, por exemplo) e que até as 14h do dia 1º de outubro de 2018 já tinham mais de 14 mil compartilhamentos

Falso

O prédio que aparece na foto aérea do jornal O Globo não é o mesmo que desabou em 25 de janeiro de 2012. É um edifício que existe hoje em dia e fica ao lado do que ruiu à época.

Utilizando a ferramenta Google Street View, é possível verificar que o prédio mostrado na capa do jornal carioca continua de pé. Há capturas de imagens feitas de diversos ângulos pelo sistema. Veja uma de maio de 2016, quatro anos depois do desabamento do Edifício Liberdade:

Foto: Agência Lupa

Agora, uma mais recente, de outubro de 2017, um pouco mais de perto:

Foto: Agência Lupa

O mesmo sistema mostra o espaço deixado pelo edifício que ruiu - entre o Theatro Municipal e o prédio que aparece nas fotos de O Globo.

Foto: Agência Lupa

O prédio também aparece em fotos tiradas na época do desabamento, como nesta aqui.

Em outra reportagem, uma das imagens identifica os prédios que caíram. O edifício que aparece na capa do jornal O Globo é apontado como uma das estruturas que não desabaram.

Em janeiro de 2012, o edifício Liberdade desabou, junto com dois outros prédios menores, os edifícios Colombo e Treze de Maio. Os prédios ficavam atrás do Theatro Municipal. Dezessete pessoas morreram.

Verificação semelhante foi feita tanto pelo site Boatos.org quanto pelo G1.

*Nota: esta reportagem faz parte do projeto de verificação de notícias no Facebook. Dúvidas sobre o projeto? Entre em contato direto com o Facebook.

Agência Lupa
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade