1 evento ao vivo

Juve isola elenco após casos; Napoli é proibido de viajar

Infectados não são jogadores nem membros da comissão técnica

3 out 2020
14h17
atualizado às 15h36
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O elenco da Juventus foi colocado em isolamento neste sábado (3), após a descoberta de dois casos do novo coronavírus entre funcionários do clube.

Juventus tem partida contra o Napoli marcada para este domingo (4)
Juventus tem partida contra o Napoli marcada para este domingo (4)
Foto: ANSA / Ansa

Segundo comunicado oficial da Velha Senhora, os dois infectados não são jogadores nem membros da comissão técnica. "No entanto, em respeito à normativa e ao protocolo, todo o elenco entra em isolamento a partir desde momento", diz a nota.

De acordo com a Juventus, isso permitirá manter as atividades de treinamento e jogo, mas os atletas não poderão ter contato com pessoas externas ao grupo. A Juve entra em campo neste domingo (4), contra o Napoli, que identificou três casos de coronavírus no fim desta semana, incluindo os jogadores Piotr Zielinski e Elif Elmas.

O clube napolitano vem de um confronto com o Genoa, que já soma 22 contágios (17 atletas e cinco membros da comissão técnica) e teve a partida deste sábado, contra o Torino, adiada pela liga que administra a Série A.  

 

Napoli é proibido de viajar

As autoridades sanitárias da Campânia proibiram o elenco do Napoli de viajar a Turim para o clássico. Segundo uma fonte do clube azzurro, a decisão foi imposta pela Agência Sanitária Local (ASL) do centro de Nápoles, órgão ligado ao governo regional da Campânia. O motivo são os três casos do novo coronavírus detectados na delegação do Napoli, incluindo os jogadores Zielinski e Elmas e um membro da comissão técnica.

O temor é de surgir um novo 'caso Genoa', clube que identificou 22 contágios nesta semana, após o duelo do último domingo (27) contra o próprio Napoli.

A liga responsável pela Série A ainda não se pronunciou, mas existe a possibilidade de a Juventus ganhar o clássico de domingo por W.O. Recém-reeleito com quase 70% dos votos, o governador da Campânia, Vincenzo de Luca, é conhecido pela postura linha dura em relação à pandemia do novo coronavírus.

Adepto de um estilo polêmico, De Luca usou drones para coibir violações à quarentena na região e chegou a dizer que usaria "lança-chamas" para dispersar quem saísse às ruas. Nas últimas semanas, vem alertando que os cidadãos "relaxaram" nos cuidados depois do fim do lockdown.  

Com informações da Ansa.

 

Veja também:

Os navios gigantescos que a pandemia mandou para o desmanche
Ansa - Brasil   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade