PUBLICIDADE

Hospitalizado, Bolsonaro decide cancelar live e motociata

Com dores abdominais, presidente realizou exames que constataram uma obstrução intestinal

15 jul 2021 16h29
| atualizado às 16h50
ver comentários
Publicidade
Presidente Bolsonaro participa de 'motociata' com apoiadores em Porto Alegre no início do mês
Presidente Bolsonaro participa de 'motociata' com apoiadores em Porto Alegre no início do mês
Foto: Reprodução/Facebook/Jair Messias Bolsonaro / Estadão Conteúdo

Internado com obstrução intestinal, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) comunicou nesta quinta-feira, 15, por meio de sua conta no Twitter que não fará transmissão semanal pela internet, realizada tradicionalmente às quintas-feiras.

"Por motivo de internação hospitalar, comunico a impossibilidade de realizar a live de hoje, bem como nossa ida a Manaus fica adiada", escreveu. A capital do Amazonas receberia a próxima 'motociata' que Bolsonaro vem realizando em algumas regiões do País.

Na quarta-feira, 14, o presidente deu entrada no Hospital das Forças Armadas, em Brasília, onde fez exames que constataram obstrução intestinal. Os médicos decidiram, então, transferi-lo para São Paulo. De acordo com a Secom, o problema está associado ao atentado contra Bolsonaro na campanha eleitoral.

Mais cedo, o filho do presidente e senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) informou por meio da rede social que o pai se recupera bem.

O ministro do Gabinete de Segurança Institucional, general Augusto Heleno, afirmou que a recuperação de Bolsonaro tem surpreendido positivamente após visitá-lo no hospital Vila Nova Star, em São Paulo, onde está internado sob os cuidados de seu médico particular Antônio Luiz Macedo.

Estadão
Publicidade
Publicidade