0

Doria diz que Alckmin é 'Plano A' para a Presidência

'Eu sou pré-candidato ao governo, meu candidato (à Presidência) é o Alckmin', disse o Tucano

26 jun 2018
03h43
atualizado às 11h32
  • separator
  • 0
  • comentários

Em duas entrevistas exibidas por emissoras de televisão na madrugada desta terça-feira (26), o ex-prefeito e candidato tucano ao governo de São Paulo, João Doria, negou que exista a possibilidade de assumir a posição do ex-governador paulista Geraldo Alckmin como presidenciável do PSDB. "Não há plano B, há plano A, de Alckmin", disse Doria no programa Band Eleições, da Band. "Eu sou pré-candidato ao governo, meu candidato (à Presidência) é o Alckmin."

João Doria, pré-candidato do PSDB ao governo do Estado de São Paulo 
João Doria, pré-candidato do PSDB ao governo do Estado de São Paulo
Foto: Rafael Arbex/Estadão / Estadão Conteúdo

O ex-prefeito, no entanto, fez elogios tanto a Alckmin quanto a um dos rivais do PSDB na disputa presidencial, o empresário Flávio Rocha (PRB) - na casa de quem assistiu o primeiro jogo da seleção brasileira na Copa do Mundo, na semana passado. "O Flávio é um bom nome. Trabalho para que eles (Alckmin e Rocha) estejam juntos em uma frente de centro", disse Doria durante entrevista ao programa É Notícia, da RedeTV.

A possibilidade de o ex-prefeito assumir o posto de Alckmin na corrida presidencial voltou a ser discutida na sexta-feira, 23, em um encontro entre o presidente Michel Temer, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) e o senador Aécio Neves (PSDB). A avaliação do trio é a de que o chamado centro político estaria fora do segundo turno, caso Alckmin não decole logo nas pesquisas. No levantamento do Datafolha do início de junho, o tucano tem entre 6% e 7% das intenções de voto.

Doria afirmou ainda que acredita que a formação de uma aliança com partidos de centro-direita vai fazer com que Alckmin suba nas pesquisas a partir do fim de julho. "É preciso dominar a ansiedade, política feita com ansiedade é feita com fígado."

Veja também

 

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade