PUBLICIDADE

Bolsonaro

'Se Deus quiser, no futuro voltaremos', discursa Bolsonaro para multidão em Fortaleza

Em visita à capital do Ceará, ex-presidente é recebido por apoiadores e destaca nome de deputado que quer disputar prefeitura

29 set 2023 - 21h25
(atualizado às 21h47)
Compartilhar
Exibir comentários
O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) discursou em Fortaleza nesta sexta, 29
O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) discursou em Fortaleza nesta sexta, 29
Foto: Reprodução/Instagram

BRASÍLIA - O ex-presidente Jair Bolsonaro foi recebido com festa por apoiadores em Fortaleza. Na capital cearense, o político que está inelegível por decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) fez discurso num ato político prometendo voltar "se deus quiser".

No evento acompanhado por uma multidão, Bolsonaro citou o nome do deputado André Fernandes (PL-CE) que pretende disputar a prefeitura da capital do Ceará e o deputado estadual Carmelo Neto. "Os dois jovens, o Carmelo e o nosso André que representam a todos nós aqui em Fortaleza. A todos vocês, muito obrigado pela oportunidade. Obrigado meu deus pela segunda vida e pela missão de estar a frente do Executivo por quatro anos. Se deus quiser, essa for a vontade dele, no futuro nós voltaremos", discursou Bolsonaro.

Sempre cercado por apoiadores, o ex-presidente visitou um shopping onde parou para comer uma pizza na praça de alimentação e ouviu gritos de "mito, mito!".

O ex-presidente segue em rotina de viagens e contatos para reforçar as candidaturas de aliados na disputa de prefeituras em capitais e no interior do País no próximo ano.

O senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ) usou as redes sociais nesta sexta-feira, 29, para divulgar o vídeo do pai e apontar a recepção calorosa dos cearenses. "É impossível não se emocionar com a recepção a @jairbolsonaro em Fortaleza (CE). Não importa aonde esteja, uma multidão sempre está à sua espera", escreveu o senador.

Na eleição presidencial no ano passado, o petista Luiz Inácio Lula da Silva recebeu 58% dos votos em Fortaleza, enquanto Bolsonaro ficou com 42% dos votos.

Estadão
Compartilhar
Publicidade
Publicidade