PUBLICIDADE

Polícia

Pai mata filha e enterra corpo no quintal de casa no litoral de SP

A jovem estava desaparecida há mais de um ano; suspeito está foragido

18 nov 2022 - 18h18
Compartilhar
Exibir comentários
Pai é indiciado por homicídio e ocultação de cadáver de sua filha
Pai é indiciado por homicídio e ocultação de cadáver de sua filha
Foto: Reprodução/Facebook

A Polícia Civil encontrou uma ossada no quintal da casa de Gutenberg Peixoto Alves de Souza, que foi indiciado por homicídio e ocultação de cadáver da própria filha, Agata Gonzaga Peixoto Ferreira, de 17 anos. A adolescente estava desaparecida há mais de um ano.

Os dois moravam juntos na casa, no bairro Balneário Britânica, em Ilha Comprida, litoral paulista. O suposto desaparecimento da jovem estava sendo investigado desde outubro deste ano, quando uma tia fez uma queixa na delegacia sobre o sumiço da sobrinha.

Durante as investigações, o caso passou de desaparecimento de pessoa para homicídio, com o pai da jovem sendo apontado como o principal suspeito. Até que, na última sexta-feira, 11, com os ossos encontrados no quintal da casa de Gutenberg e outras provas coletadas, ele foi indiciado como responsável pelo crime.

Segundo informações do boletim de ocorrência, fornecidas pela Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP), a ossada foi encontrada envolta em uma rede e um lençol. 

O pai da adolescente está foragido. Segundo a polícia, outros detalhes sobre o caso serão divulgados posteriormente, para não atrapalhar as investigações.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade