3 eventos ao vivo

Morre torcedor do Palmeiras esfaqueado após clássico em SP

13 jul 2017
10h27
atualizado às 10h53
  • separator
  • comentários

Apesar de torcida única no Derby realizado no Palestra Itália, nesta quarta-feira, torcedores de Palmeiras e Corinthians entraram em combate e, após ser esfaqueado durante a madrugada, Leandro de Paula Zanho, de 38 anos, torcedor do Palmeiras, não resistiu e morreu na manhã desta quinta-feira.

Junto com dois suspeitos, a PM de São Paulo exibe em delegacia um facão e uma barra de ferro utilizados no ataque ao torcedor do Palmeiras
Junto com dois suspeitos, a PM de São Paulo exibe em delegacia um facão e uma barra de ferro utilizados no ataque ao torcedor do Palmeiras
Foto: Edu Silva/Futura Press

Leandro e mais dois amigos palmeirenses iam embora da partida quando encontraram corintianos pelo caminho e a discussão começou. Na sequência, Leandro foi atingido por golpes de facão na região do abdômen e foi levado à Santa Casa pelos amigos, em estado grave. Após passar por processo cirúrgico, o paciente não resistiu e teve a morte confirmada pelo hospital, como apurou a Gazeta Esportiva .

"O paciente foi atendido no pronto-socorro da Santa Casa de São Paulo, vítima de ferimentos por arma branca. Deu entrada em estado grave, com instabilidade hemodinâmica, necessitando intervenção cirúrgica. Após atendimento de emergência foi levado ao centro cirúrgico. O paciente seguiu instável e veio a óbito nesta manhã [quinta-fera]", comunicou a assessoria de imprensa da Santa Casa.

Segundo informações da Polícia Militar, a confusão aconteceu depois do clássico, próximo à Rua Tupi e à Avenida General Olímpio da Silveira, abaixo do Minhocão. O caso foi registrado no 91º DP e até o momento dois suspeitos foram presos: Wellington Andrade, de 19 anos, e Anderson da Cruz Andrade, de 25.

*Especial para a Gazeta Esportiva

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade