PUBLICIDADE

Árvore derruba muro em cemitério de São Paulo e ossos ficam expostos

Segundo a concessionária Consolare, responsável pela administração do Cemitério Vila Formosa, os ossos já foram armazenados corretamente nas gavetas e o muro está sendo reconstruído

26 fev 2024 - 09h08
(atualizado às 15h17)
Compartilhar
Exibir comentários

As fortes chuvas que atingiram a cidade de São Paulo na última sexta-feira, 23, provocaram a queda do muro do Cemitério da Vila Formosa, zona leste da capital paulista, onde fica parte do ossuário. Com a queda da estrutura, ossos que estavam armazenados no local ficaram expostos.

Segundo a concessionária Consolare, responsável pela administração do cemitério, informou na manhã desta segunda-feira, 26, os ossos já foram armazenados corretamente nas gavetas e o muro está sendo reconstruído. Não foi informado o prazo para a obra ser finalizada.

Este é o segundo caso semelhante ocorrido nas últimas semanas. No dia 13 de fevereiro, a forte tempestade que atingiu São Paulo derrubou parte do muro do Cemitério Araçá, no Pacaembu, zona oeste da capital.

De acordo com a concessionária Cortel São Paulo, administradora do local, não houve feridos nem danos às sepulturas do cemitério na ocasião. O muro também foi refeito.

Uma árvore que caiu durante as chuvas na sexta-feira, 23, na capital paulista derrubou o muro onde fica parte do ossuário do Cemitério Vila Formosa, zona Leste da cidade.
Uma árvore que caiu durante as chuvas na sexta-feira, 23, na capital paulista derrubou o muro onde fica parte do ossuário do Cemitério Vila Formosa, zona Leste da cidade.
Foto: Divulgação/Defesa Civil de SP / Estadão

Cemitérios sob gestão privada

Na capital paulista, toda a prestação dos serviços cemiteriais e funerários é feita por meio de quatro concessionárias autorizadas: Consolare, Cortel, Maya e Velar SP, de acordo com a Agência Reguladora de Serviços Públicos do Município de São Paulo (SP-Regula). Não há funerárias particulares. Clique em cada uma das concessionárias para mais informações.

O munícipe pode ainda encontrar mais detalhes de como contratar o serviço funerário por meio da Prefeitura de São Paulo. Também pode entrar em contato pelo telefone 156 ou pelo Portal 156.

  • Bloco 1: Consolare: Quarta Parada, Santana, Tremembé, Vila Formosa I e II, Vila Mariana e Consolação;
  • Bloco 2: Consórcio Cortel São Paulo: Araçá, Dom Bosco, Santo Amaro, São Paulo e Vila Nova Cachoeirinha;
  • Bloco 3: Grupo Maya: Campo Grande, Lageado, Lapa, Parelheiros e Saudade;
  • Bloco 4: Velar SP: Freguesia do Ó, Itaquera, Penha, São Luiz, São Pedro e Vila Alpina (crematório).
Estadão
Compartilhar
Publicidade
Publicidade