PUBLICIDADE

Casal é encontrado morto em apartamento; filho adolescente é apreendido

Caso, que ainda segue sob a investigação da Polícia Civil, ocorreu em Santos, no litoral de São Paulo

26 fev 2024 - 12h38
(atualizado às 12h58)
Compartilhar
Exibir comentários
Casal é encontrado morto em apartamento no bairro Embaré, em Santos
Casal é encontrado morto em apartamento no bairro Embaré, em Santos
Foto: Reprodução/TV Tribuna

Um casal foi encontrado morto em um apartamento no bairro Embaré, em Santos, no litoral de São Paulo, na manhã de domingo, 25. O filho deles, um adolescente de 17 anos, afirmou que tentou salvar a mãe, que estava sendo agredida pelo pai. No entanto, não soube explicar o que teria ocorrido com o homem. Ele foi apreendido suspeito de homicídio. O caso ainda é investigado pela Polícia Civil. 

O crime ocorreu na Rua Frei Francisco Sampaio. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou ao Terra, policiais militares foram acionados para atender a ocorrência e ouviram o relato do adolescente.

O jovem afirmou que estava em casa com dois amigos quando ouviu pedidos de socorro da mãe, de 37 anos, que estava sendo agredida pelo pai, de 39.

De acordo com a polícia, ele alegou que chegou a ir no quarto do casal duas vezes para separar a briga, quando, na terceira vez, viu o pai esfaqueando a mãe. O adolescente também afirmou que tentou apartar a briga, mas não conseguiu e fugiu do apartamento.

Quando o socorro chegou ao local constatou que o casal já estava sem vida. A perícia foi acionada e foram requisitados exames aos Instituto de Criminalística (IC) e ao Instituto Médico Legal (IML).

De acordo com o apurado pela TV Tribuna, afiliada à Rede Globo, o pai do adolescente já havia sido preso ano passado por violência doméstica. A Polícia Militar relatou no registro do boletim de ocorrência que os dois amigos do filho do casal acionaram o socorro e a polícia. 

Segundo a Polícia Civil, o menor foi conduzido à delegacia e permaneceu à disposição da Vara de Infância e Juventude. O caso foi registrado como feminicídio e ato infracional de homicídio na CPJ de Santos.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade