PUBLICIDADE

Bahia tem 10 barragens em nível crítico de água

São 116 municípios que foram atingidos e estima-se que 20 pessoas morreram. O número de desabrigados subiu para 31.405

28 dez 2021 16h30
| atualizado às 16h43
ver comentários
Publicidade

Ao menos dez barragens estão em nível crítico de água na Bahia, segundo informações do coronel Adson Marchesin, comandante-geral do Corpo de Bombeiros. Moradores da região sul e extremo sul do estado vem sendo prejudicados por enchentes devido às fortes chuvas que atingem a região desde novembro.

Imagem mostra enchente com ondas e no canto superior esquerdo tem galhos de árvore
Imagem mostra enchente com ondas e no canto superior esquerdo tem galhos de árvore
Foto: Terra Querida Jussiape BA / Alma Preta

Ao todo, 116 municípios baianos já foram atingidos e estima-se que 20 pessoas morreram. O número de desabrigados subiu para 31.405 e 31.391 pessoas estão desalojadas, segundo dados da Superintendência de Proteção e Defesa Civil (Sudec).

Saiba como ajudar as vítimas das fortes chuvas no Sul da Bahia

Em um vídeo, o coronel Marchesini informou que apesar da situação não há risco iminente para o rompimento de demais barragens. Marchesini também explicou que as barragens que se romperam no final de semana em Vitória da Conquista e Jussiape, na Chapada Diamantina, eram privadas, ou seja, construídas pelos próprios moradores ou fazendeiros.

"Essas barragens de água foram se rompendo com essa situação e isso acabou causando um efeito dominó, mas as barragens principais do estado estão tranquilas até o momento", disse o coronel em vídeo.

No meio da tarde, o Corpo de Bombeiros emitiu um alerta para que os moradores das cidades de Itambé, Canavieiras, Mascote e Cândido Sales deixem suas moradias devido ao risco de novas enchentes nas próximas horas. De acordo com o comandante-geral, o alerta se dá por causa do grande volume de água liberado por uma represa em Minas Gerais e pode prejudicar, sobretudo, as famílias ribeirinhas.

Governo  anuncia novas medidas para ajudar famílias atingidas

Ao menos 100 municípios já decretaram situação de emergência e, até esta segunda (28), o número total de pessoas atingidas pelas enchentes é maior do que 470 mil.

Para auxiliar as famílias atingidas nos municípios, o governador da Bahia, Rui Costa (PT), anunciou um auxílio financeiro que ainda terá o valor estipulado e repassado. Rui também ampliou a Tarifa Social da Embasa para as empresas, residências e comércios que tiveram prejuízos por causa das enchentes. Além disso, o gestor estadual ampliou as ambulâncias nas cidades e o envio de materiais básicos para as famílias, como colchões, alimentos e eletrodomésticos.

Pela manhã, o governador também solicitou que o Governo Federal amplie o valor de R$ 80 milhões repassado para a recuperação das estradas federais na região Nordeste. Durante uma coletiva na cidade de Ilhéus, Rui fez um apelo e disse que o valor não é suficiente.

"Eu queria fazer um apelo, porque não é possível recuperar as estradas federais com R$ 80 milhões para o Nordeste. Com R$ 80 milhões não dá para recuperar as da Bahia, pelo estrago que tem, com vários rompimentos", afirmou o governador.

Alma Preta
Publicidade
Publicidade