PUBLICIDADE

Em duelo intenso, Marvin Vettori é superior e vence Paulo Borrachinha no UFC Vegas 41; veja

Em confronto empolgante e intenso, Marvin Vettori supera Paulo Borrachinha na luta principal do UFC Vegas 41 e impõe segunda derrota consecutiva ao brasileiro; confira todos os destaques do evento, que contou com outros seis lutadores representando o Brasil

23 out 2021 21h03
ver comentários
Publicidade

Realizado neste sábado (23), em Las Vegas (EUA), o UFC Vegas 41 contou com 14 lutas ao todo, mas obviamente, as atenções estavam voltadas para a luta principal. Diante de muita rivalidade, Paulo Borrachinha e Marvin Vettori travaram um confronto intenso e empolgante, que durou cinco rounds. No fim, por conta da sua superioridade ao longo de grande parte do combate, o italiano saiu vencedor na decisão unânime dos jurados.

Marvin Vettori superou Paulo Borrachinha na luta principal do UFC Vegas 41 (Foto: Reprodução/UFC)
Marvin Vettori superou Paulo Borrachinha na luta principal do UFC Vegas 41 (Foto: Reprodução/UFC)
Foto: Lance!

Além de Paulo Borrachinha, outros seis brasileiros estiveram em ação no cage do UFC Apex. No card principal, Francisco Massaranduba venceu Dwight Grant em duelo de muito equilíbrio. Já no card preliminar, Gregory Rodrigues nocauteou Jun Yong Park e Tabatha Ricci superou a compatriota Maria Oliveira, enquanto Daniel Miojo e Livinha Souza acabaram sendo superados por Jeff Molina e Randa Markos, respectivamente.

Marvin Vettori vence Paulo Borrachinha em luta intensa

Como já era de se esperar, os dois lutadores partiram para a trocação desde os primeiros segundos de luta. Com isso, no primeiro round, Marvin Vettori levou vantagem sobre Paulo Borrachinha, encurralando o brasileiro contra a grade em alguns momentos e aplicando um maior volume de golpes. No segundo assalto, o destaque foi para o brasileiro, que chegou a aplicar um chute alto fortíssimo, que balançou o italiano. No entanto, ainda na parcial, Borrachinha perdeu um ponto por ter atingido o olho de Vettori com o dedo. Na terceira parcial, Marvin Vettori voltou a ter superioridade e abriu boa vantagem no duelo.

Nos últimos dois rounds, seguindo a estratégia, Vettori continuou apresentando um volume maior de golpes em relação ao brasileiro, o que foi importante para contabilizar pontos. No quinto assalto, num último esforço, Borrachinha se mostrou mais ofensivo e conseguiu conectar bons golpes e combinações precisas, mas por conta da superioridade ao longo de todo o confronto, o italiano foi declarado vencedor na decisão unânime dos jurados. Com o resultado, Marvin Vettori se recupera da derrota para Israel Adesanya, enquanto Paulo Borrachinha sofre seu segundo revés consecutivo.

Na raça, Massaranduba leva a melhor sobre americano

Ciente de que seu adversário tinha vantagem na altura e envergadura, Francisco Massaranduba até conseguiu dominar o centro do octógono no primeiro round, mas não tinha sucesso em entrar no raio de ação de Dwight Grant. Todavia, ainda assim, foi mais incisivo em suas ações ofensivas. Sem se intimidar com a inferioridade física, o brasileiro chegou a entrar na trocação franca com o americano, que acabou sendo melhor na parcial pelo volume de golpes. No terceiro e último assalto, Massaranduba perdeu um ponto após aplicar uma dedada no olho de Grant. Na sequência, Francisco, ciente de que a infração poderia prejudicá-lo, levou a luta para o solo, ficando por cima do americano até o fim do round. O esforço final fez diferença e, na decisão dividida, Francisco Massaranduba teve seu braço erguido, recuperando-se da derrota sofrida para Muslim Salikhov.

Gregory Rodrigues nocauteia sul-coreano em luta eletrizante

Embalado pela vitória em sua estreia no Ultimate, Gregory Rodrigues começou muito bem a luta contra Jun Yong Park, com amplo domínio na luta em pé e também na luta agarrada durante o primeiro round. No segundo assalto, o combate ficou eletrizante e os dois lutadores foram para a trocação franca. Após passar por alguns sustos com os golpes aplicados pelo sul-coreano, o brasileiro voltou a crescer de produção e, depois de conectar uma sequência de golpes precisos, conseguiu o nocaute de forma impressionante. Agora, Gregory segue invicto no UFC, com dois triunfos somados.

Em duelo brasileiro, Tabatha Ricci derrota Maria Oliveira

Em confronto brasileiro no card do UFC Vegas 41, Tabatha Ricci encarou a estreante Maria Oliveira e, em um primeiro round de pouca ação, Maria foi ligeiramente superior por aplicar os melhores golpes na trocação. No segundo assalto, porém, Tabatha igualou as ações após conseguir duas boas quedas sobre sua adversária, contabilizando pontos importantes no ground and pound. No terceiro e decisivo round, o embate vinha equilibrado, mas Tabatha Ricci voltou a derrubar Maria Oliveira e, com o domínio exercido no solo, foi declarada vencedora por unanimidade, conquistando a sua primeira vitória no UFC.

Estreante, Daniel Miojo é nocauteado por americano

Fazendo sua primeira luta no UFC, Daniel Miojo começou a luta com personalidade, aplicando bons chutes frontais e levando a luta para o chão sem maiores dificuldades. No entanto, Jeff Molina equilibrou as ações no combate agarrado e deixou o duelo equilibrado, com bons momentos protagonizados por ambos. No segundo assalto, porém, logo nos primeiros segundos, o americano conectou um bom golpe de direita, que levou o brasileiro ao chão em knockdown. Diante disso, Molina apertou o ritmo, aplicou uma sequência de golpes no ground and pound e forçou a interrupção do árbitro central, saindo com o triunfo por nocaute técnico. Com o resultado positivo, Jeff Molina emplacou sua segunda vitória em sequência na organização.

Randa Markos leva a melhor sobre Livinha Souza

Primeira brasileira em ação no card, Livinha Souza fez uma disputa intensa e equilibrada diante de Randa Markos. Especialista no Jiu-Jitsu, a brasileira apostou na luta agarrada, mas a adversária do Irã cresceu de produção no segundo round e foi claramente superior no terceiro assalto, fazendo bom uso dos golpes no ground and pound, além de utilizar sua experiência para encontrar boas posições no solo. O desempenho na terceira e última parcial foi determinante para que Randa saísse com o braço erguido na decisão unânime dos jurados e se recuperasse da derrota sofrida para Luana Pinheiro. Já Livinha, que havia perdido para Amanda Lemos em março, amargou mais um revés no Ultimate.

RESULTADOS COMPLETOS:

UFC Vegas 41

UFC Apex, em Las Vegas (EUA)

Sábado, 23 de outubro de 2021

Card principal

Marvin Vettori derrotou Paulo Borrachinha por decisão unânime dos jurados

Grant Dawson x Ricky Glenn terminou em empate majoritário

Jessica-Rose Clark derrotou Joselyne Edwards por decisão unânime dos jurados

Alex Caceres finalizou Seung Woo Choi com um mata-leão no 2R

Francisco Massaranduba derrotou Dwight Grant por decisão dividida dos jurados

Nicolae Negumereanu derrotou Ike Villanueva por nocaute técnico no 1R

Card preliminar

Gregory Rodrigues derrotou Jun Yong Park por nocaute no 2R

Mason Jones derrotou David Onama por decisão unânime dos jurados

Tabatha Ricci derrotou Maria Oliveira por decisão unânime dos jurados

Jamie Pickett derrotou Laureano Staropoli por decisão unânime dos jurados

Jai Herbert derrotou Khama Worthy por nocaute técnico no 1R

Jeff Molina derrotou Daniel Miojo por nocaute técnico no 2R

Randa Markos derrotou Livinha Souza por decisão unânime dos jurados

Jonathan Martinez derrotou Zviad Lazishvili por decisão unânime dos jurados

Lance!
Publicidade
Publicidade