0

Tiago Nunes esquece 4 a 0 em casa e pede muita atenção ao Athletico-PR na Bolívia

Técnico destaca que equipe boliviana tem bom desempenho quando atua fora de casa

23 abr 2019
15h59
atualizado às 15h59
  • separator
  • comentários

O técnico Tiago Nunes alertou os jogadores do Athletico-PR para que esqueçam a goleada por 4 a 0 imposta ao Jorge Wilstermann, em Curitiba, na segunda rodada da Copa Libertadores, no dia 14 de março, para o confronto desta quarta-feira, às 19h15 (de Brasília), no estádio Félix Caprile, em Cochabamba, na Bolívia.

"A equipe do Jorge Wilstermann tem características diferentes quando joga em casa e fora. Quando está em casa, é bastante forte. Historicamente, tem poucas derrotas em torneios internacionais e alguns jogos marcantes, vencendo inclusive equipes brasileiras", enfatizou o treinador do time paranaense, que lidera o Grupo G com nove pontos, contra apenas dois do adversário desta rodada. O Boca Juniors é o vice com sete e o Deportes Tolima, da Colômbia, tem quatro.

"Eles têm chances matemáticas de classificação e isso sempre gera esperança e expectativa. Certamente é um jogo que tem muito interesse envolvido e temos que estar com um nível de concentração muito alto para conseguir superar o adversário", afirmou Nunes.

A equipe boliviana fez apenas uma partida como mandante nesta edição da Libertadores e obteve um empate sem gols contra o Boca Juniors. "Eles tiveram uma estreia muito boa contra o Boca e poderiam até ter vencido. Sabemos que tem outros fatores como a altitude, que trazem confiança para quem está em casa. Então, temos que estar atentos", disse o técnico.

Com uma vitória em Cochabamba, o Athletico-PR garantirá a classificação antecipada às oitavas de final. Deportes Tolima e Boca Juniors se enfrentarão um pouco mais tarde, às 21h30, em Ibagué, na Colômbia.

"Temos que tentar manter a rotina que já atingimos. Um time equilibrado, competitivo, que tem uma identidade de jogo e sabe se portar dentro da característica que a partida apresenta. Além da classificação, vamos em busca da liderança do grupo, que pode ser importante na sequência da competição", completou o comandante atleticano.

O último duelo do Athletico-PR na fase de grupos da Libertadores será contra o Boca Juniors, no próximo dia 9, no estádio La Bombonera, em Buenos Aires, na Argentina.

Estadão
  • separator
  • comentários
publicidade