PUBLICIDADE

Um dia sem ela

Depois de quinze dias de uma paixão arrebatadora, ela resolveu pedir um tempo. Haja coração!

29 jun 2018 15h25
ver comentários
Publicidade

Todo dia ela fazia tudo igual. Nos últimos 15 dias, aparecia sem pedir licença, de manhã, à tarde e de vez em quando tinha até repeteco à noite. Haja fôlego! Haja coração! Uma paixão arrebatadora, que ele não sentia fazia quatro anos. Só tinha olhos pra ela e abandonou família e amigos para viver o amor ideal.

Torcida celebra qualquer gol em Copa do Mundo
Torcida celebra qualquer gol em Copa do Mundo
Foto: JOCA DUARTE/PHOTOPRESS / Estadão Conteúdo

Tava tudo muito bom, tava tudo muito bem, até que de repente, sem mais nem menos, ela pediu um tempo. Sim, depois de enchê-lo de promessas, nem todas cumpridas, é verdade, saiu de cena para respirar um pouco e fazer uma reflexão de tudo o que havia passado nessa primeira fase do relacionamento. Mas prometeu voltar no sábado, renovada e com muito mais emoção.

Perdido, cabisbaixo, abandonado, chegou a achar que ela estava fazendo apenas charminho e que no horário de sempre, viveriam aquele momento só deles. Uma rotina que estava longe de ser monótona. Quando a coisa ameaçava cair na mesmice, ela inventava um novo personagem, inovava com vídeos e a vida seguia, com surpresas e algumas decepções.

Só que ela cumpriu a promessa e não apareceu no horário de sempre. O jeito foi se agarrar nas lembranças, nas fotos e textos guardados, nos vídeos gravados. Os mais próximos achavam um exagero, porque afinal tinham sido apenas 15 dias. Mas quando é pra valer, ele repetia pra si mesmo, o tempo não é problema.

E de repente como um filme, as imagens passavam na sua cabeça. As goleadas russas, a força uruguaia, os gols de Cristiano Ronaldo, a quase classificação do Irã, a marmelada entre França e Dinamarca, o drama argentino, o cai-cai de Neymar, a queda da Alemanha para os heróis sul-coreanos, o jogo bonito da Bélgica, o artilheiro Kane, Maradona roubando a cena na torcida....

São tantas emoções. Amanhã ela volta, mas já mandou avisar que na próxima semana quer folga na quarta e na quinta-feira. Disse que é para ele ir se acostumando, porque afinal o pra sempre, sempre acaba.

Fonte: Blog A Copa no sofá   
Publicidade
Publicidade