PUBLICIDADE

São Paulo joga mal e empata sem gols com o América-MG

Com o resultado, o São Paulo segue na 12ª colocação, agora com 26 pontos. O América-MG, por sua vez, deixou a zona de rebaixamento

22 set 2021 22h32
| atualizado às 22h40
ver comentários
Publicidade

Ficou barato para o São Paulo nesta quarta-feira. Recebendo o América-MG, no Morumbi, pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Tricolor teve mais um desempenho ruim na temporada, tendo de se conformar com o empate sem gols em um duelo direto na luta contra o rebaixamento.

Podendo assumir a nona colocação caso vencesse, o São Paulo viu o América-MG criar as principais oportunidades de gol do jogo e sofreu com a falta de criatividade ao longo dos 90 minutos.

Com o resultado, o São Paulo segue na 12ª colocação, agora com 26 pontos. O América-MG, por sua vez, deixou a zona de rebaixamento, ultrapassando Grêmio e Juventude.

São Paulo joga mal e empata sem gols com o América-MG
São Paulo joga mal e empata sem gols com o América-MG
Foto: Joca Duarte / Gazeta Press

O jogo - O América-MG começou melhor e criou boas oportunidades para abrir o placar logo no início do jogo. Primeiro Felipe Azevedo ficou com a sobra após a bola ser alçada na área e chegou batendo de primeira, mas Volpi fez a defesa. O meia voltou a aparecer mais tarde em nova finalização, da entrada da área, forçando mais uma boa intervenção do goleiro tricolor.

A blitz do Coelho não cessou. Apesar de estar jogando fora de casa, o time comandado por Vagner Mancini seguiu agredindo o São Paulo. Aos nove minutos, Ribamar recebeu dentro da área, dominou e disparou para o gol, mas Volpi estava realmente ligado para defender.

Aos poucos o Tricolor foi equilibrando o jogo. Aos 16 minutos, Pablo até chegou a balançar as redes ao receber passe por elevação de Gabriel Sara, mas o árbitro marcou impedimento do camisa 9. O problema era que o América-MG não deixava os donos da casa respirar. Aos 23 foi a vez de Ademir levar perigo ao receber livre dentro da área e bater para o gol, mas não conseguiu pegar em cheio na bola, desperdiçando mais uma boa chance.

Já na reta final do primeiro tempo Rigoni teve duas boas oportunidades para balançar as redes. Na primeira, soltou a bomba de fora da área, exigindo a defesa de Matheus Cavichioli. Depois, o atacante subiu mais alto que a defesa para completar de cabeça o cruzamento, mas ninguém apareceu no segundo pau para abrir o placar.

Segundo tempo

O São Paulo teve uma ótima oportunidade de sair na frente logo no início da etapa complementar. Aos dois minutos, Igor Gomes aproveitou o desvio em cobrança de escanteio para completar de cabeça, dentro da pequena área, mas mandou por cima do gol. O América-MG respondeu também em cobrança de escanteio, em que Ribamar ia ficando com a sobra, mas Arboleda chegou na hora "h" para afastar o perigo.

Sem conseguir fazer a equipe render o esperado, Crespo recorreu às substituições. O treinador tirou Gabriel Sara e Pablo para as entradas de Liziero e Marquinhos, respectivamente, mas pouca coisa mudou.

O América-MG, por sua vez, seguia apostando em Ademir para driblar o sistema defensivo do São Paulo e tentar abrir o placar. Aos 32 minutos, o camisa 10 do Coelho se livrou da marcação de Reinaldo e cruzou com veneno, em direção ao gol, obrigando Volpi a se esticar todo para interceptar o passe.

Antes do apito final, os visitantes ainda tiveram mais uma ótima oportunidade para garantir a vitória, novamente saindo dos pés de Ademir, que fez mais um cruzamento venenoso, mas Volpi fez outra intervenção, desta vez jogando na cabeça de Rodolfo, que, mesmo sem goleiro, acabou arrematando para fora.

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO 0 X 0 AMÉRICA-MG 

Local: estádio do Morumbi, em São Paulo

Data: 22 de setembro de 2021, quarta-feira

Horário: 20h30 (de Brasília)

Árbitro: Bráulio da Silva Machado (FIFA-SC)

Assistentes: Kléber Lúcio Gil (FIFA-SC) e Thiaggo Americano Labes (SC)

VAR: Pathrice Wallace Corrêa Maia (RJ)

Cartões amarelos: Zárate (América-MG); Arboleda, Miranda, Reinaldo (São Paulo)

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Galeano, Arboleda, Miranda e Reinaldo (Welington); Luan, Nestor, Igor Gomes (Calleri) e Gabriel Sara (Liziero); Rigoni e Pablo (Marquinhos).

Técnico: Hernán Crespo.

AMÉRICA-MG: Matheus Cavichioli; Patrick, Eduardo Bauermann, Ricardo Silva e Marlon (Chrigor); Juninho, Alê e Felipe Azevedo (Alan Ruschel); Ademir (Yan Sasse), Zárate (Marcelo Toscano) e Ribamar (Rodolfo).

Técnico: Vagner Mancini.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade