0

Cruzeiro evita tranquilidade da vantagem e fecha treino totalmente

27 ago 2018
18h02
atualizado às 18h02
  • separator
  • 0
  • comentários

O Cruzeiro entra em campo, na próxima quarta-feira, contra o Flamengo, pela decisão da Copa Libertadores, com a tranquilidade de ter vencido o duelo de ida por 2 a 0., no Maracanã, no início do mês. No entanto, o técnico Mano Menezes evita transparecer qualquer tranquilidade.

Nos treinamentos desta segunda-feira, na Toca da Raposa II, em Belo Horizonte, o comandante decidiu fechar totalmente os treinos - pratica que é feita antes de alguns jogos, sobretudo, os mais decisivos.

E fechar totalmente os treinos significa que os jornalistas não puderam ver nada do que acontece em um dos campos da Toca da Raposa II. Geralmente, o aquecimento é possível observar. Ou seja, pelo menos um pouco, a imprensa vê quem está em campo ou não.

Desta vez, nada pôde ser visto. A imprensa entrou na Toca, fez as entrevistas coletivas e precisou deixar o local. Para usar fotos ou vídeos, só com arquivos. Nada foi liberado.

O treinador tem duas grandes dúvidas para o duelo contra o Flamengo. Uma na lateral direita e outra no ataque. Na ala, Mano não confirmou o retorno de Edilson. Ele pode manter Lucas Romero, que embora seja volante desempenha um ótimo papel na posição.

Na frente à outra dúvida. Mano ainda não confirmou se vai de Raniel ou Barcos. O Pirata ainda não encontrou seu melhor futebol com a camisa celeste. Já o brasileiro mostra a cada jogo que pede passagem, marcando gols e dando muita mobilidade ao setor.

O provável Cruzeiro contra o Flamengo será: Fábio; Lucas Romero (Edilson), Dedé, Leo e Egídio; Henrique e Lucas Silva; Robinho, Thiago Neves e Arrascaeta; Barcos (Raniel).

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade