PUBLICIDADE

Respeito hoje, respeito sempre na F1– #RespectWomen

Chegando o GP de São Paulo, é importante dar espaço para pedir uma coisa tão simples, mas que muitas vezes é esquecida: respeito

3 nov 2022 - 08h00
(atualizado às 09h38)
Compartilhar
Exibir comentários
Adesivos da campanha Respect Women que serão distribuídos em Interlagos
Adesivos da campanha Respect Women que serão distribuídos em Interlagos
Foto:

Com a proximidade do GP de São Paulo, mais uma vez chega a hora de pedir algo tão simples: respeito.

O público feminino vem crescendo no esporte. Foi o tempo em que mulher em estádio de futebol ou em autódromo era simplesmente adorno ou pois achava bonito. No caso especifico da F1, inumeros relatos se espalharam nas redes sobre o desrespeito com as mulheres. E vimos isso acontecer este ano.

Beatriz Rosemburg, fã de automobilismo, idealizou a campanha Respect Women. Simplesmente "Respeite as Mulheres". A idéia veio de um caso que aconteceu com ela, quando sofreu assédio em Interlagos. Diante da situação, não se intimidou e vem já alguns anos fazendo uma campanha firme no GP.

Para marcar o nosso apoio a esta iniciativa, reproduzimos aqui uma carta escrita por ela sobre o assunto. Com a palavra, Beatriz:

Rio de Janeiro, 02 de novembro de 2022

Queridas fãs de automobilismo,

Escrevo todos os anos para falar sobre como nós mulheres que somos apaixonadas por automobilismo e merecemos respeito, mas dessa vez quero falar diretamente para vocês.

Vocês sempre abraçaram a campanha e essa sempre foi a fonte para continuar com ela, mas esse ano vocês foram além, se uniram para que essa ganhasse uma proporção jamais vista anteriormente e eu não tenho palavras para descrever o quanto eu sou grata pela união que demonstraram para fazer isso acontecer.

Não vou mentir, porque acredito que a sinceridade é o segredo para as coisas fluírem, por isso, admito que nesses últimos anos questionei se continuaria seguindo com ela. As vezes bate o desânimo quando não vemos uma mudança substancial acontecer, mas todo esse apoio que vocês deram foi fundamental para a continuidade. Porque na realidade a mudança já começou.

O primeiro passo aconteceu quando a campanha foi iniciada em 2018 e começamos a falar do assunto, expor sobre o que acontecia nas arquibancadas e que por muito tempo ficou guardado para as mulheres que passaram por uma situação de assédio. Falar sobre o assunto é o primeiro passo para a mudança.

A união que vocês demonstraram para triplicar o número de adesivos esse ano em pouco mais de 12 horas foi uma das coisas mais lindas que eu já vi. Aquelas que me escreveram pedindo desculpas por não poderem doar ou pelo valor singelo, vou repetir meu agradecimento não se trata de valor financeiro e sim do amor que vocês tiveram. O carinho mesmo que seja postando sobre a campanha é mais do que suficiente, pode parecer pequeno para você mas, para mim, ele é gigante e tenho muita gratidão por todas vocês.

Toda vez que alguma mulher entra em contato pelas redes sociais do blog procurando companhia para não estar sozinha pelas arquibancadas de Interlagos é um mix de sentimentos.

O primeiro é a felicidade por saber que a cada ano temos um número crescente de mulheres ocupando um espaço que é para todos. Contudo, um segundo sentimento que sinto é a impotência, principalmente após um comentário muito recorrente: o medo de estar sozinha.

Essa impotência é porque eu não posso prometer que nada de ruim irá  acontecer nas arquibancadas com vocês, mas nessas últimas semanas, eu sinto que algo mudou, quando uma grande rede de apoio foi construída para trocar dicas, tirar dúvidas… sobre o Grande Prêmio de São Paulo. O Interlagos Safe foi esse espaço criado para poder ajudar o maior número de mulheres possível — todos os créditos dessa ideia da Karolina Pedroni, que desde 2018 apoia o projeto — e se tornou um grande ponto de encontro para que mulheres encontrem companhias. Também quero dizer um obrigada especial à Isabela Moura e Thaís Jorge por estarem conosco administrando o grupo.

O objetivo da campanha Respect Women é criar conscientização para que em algum dia nenhuma outra mulher passe por um caso de assédio. Mas até nós chegarmos nesse objetivo, vamos lembrar que nenhuma mulher estará sozinha, e é por isso que vocês são determinantes e necessárias para que a campanha prossiga e vá crescendo a cada ano.

Por fim, eu não tenho palavras para descrever a gratidão que eu tenho por todas as mulheres que apoiam a campanha. Sem vocês seria impossível prosseguir. MUITO OBRIGADA! 

Respeito hoje, respeito sempre #RespectWomen 

Vejo vocês lá em Interlagos, 

Beatriz Rosenburg

Para saber sobre o Interlagos Safe, entre em contato através do Instagram ou do Twitter

Adesivos da Campanha
Adesivos da Campanha
Foto: Beatriz Rosemburg
Parabólica
Compartilhar
Publicidade
Publicidade