PUBLICIDADE

Red Bull minimiza renascimento, mas aposta em Mercedes forte no GP da França

Christian Horner acredita que a Mercedes foi bem em Silverstone por se tratar de um circuito que a favorece, mas tem dúvidas de que a rival consiga manter o desempenho em todas as corridas do Mundial 2022

5 jul 2022 - 12h30
Ver comentários
Horner conteve a empolgação com a performance da Mercedes na Inglaterra
Horner conteve a empolgação com a performance da Mercedes na Inglaterra
Foto: Mark Thompson/Red Bull Content Pool/Getty Images / Grande Prêmio

A competitividade da Mercedes foi uma das surpresas positivas do GP da Inglaterra, tanto que não passou despercebida pela eterna rival Red Bull. Christian Horner, inclusive, foi questionado sobre a melhora de desempenho das Flechas de Prata, mas tratou de conter a empolgação sobre um possível renascimento do time de Brackley, dizendo que o visto no último domingo pareceu se tratar de um caso de "vantagens e desvantagens" por conta das características do circuito de Silverstone.

Na última etapa do calendário, George Russell acabou se envolvendo no forte acidente com Guanyu Zhou na largada e ficou de fora da prova, mas Lewis Hamilton não só entrou na briga pela vitória como ficou bastante satisfeito com o ritmo do W13.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Lewis Hamilton e Charles Leclerc duelaram na parte final da corrida (Foto: LAT/ Mercedes)

Horner já previa um boa performance na Mercedes em solo inglês, porém tem dúvidas quanto ao resto das corridas da temporada. "Acho que nesse tipo de pista, sempre veremos os pontos fortes. Vamos ver o que acontece nas próximas", disse o chefão dos taurinos logo após a corrida de domingo.

Em seguida, ao ser questionado sobre qual local seria possível ver Hamilton forte novamente, o austríaco apontou para a 12ª etapa. "Acho que o GP da França, em particular, será bom para eles. Mas acho que estão felizes por não terem de correr em Singapura na próxima semana", brincou. "Vai ser um caso de vantagens e desvantagens", concluiu Horner.

Antes da corrida no circuito de Paul Ricard, a Fórmula 1 disputa o GP da Áustria dia 10 de julho. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades desde a sexta-feira de treinos livres AO VIVO e EM TEMPO REAL.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade