PUBLICIDADE

Hamilton projeta luta "mais difícil" pelo título com evolução de Pérez na Red Bull

Lewis Hamilton assumiu que está muito difícil se manter no mesmo patamar do que a Red Bull na temporada, principalmente após Sergio Pérez despontar como o fiel da balança na briga com Max Verstappen

8 jun 2021 12h44
| atualizado às 12h50
ver comentários
Publicidade
Lewis Hamilton analisou a briga pelo título
Lewis Hamilton analisou a briga pelo título
Foto: AFP / Grande Prêmio

Depois de Sergio Pérez levar a Red Bull ao topo de pódio no GP do Azerbaijão, a Mercedes reconheceu que se encontra abaixo do patamar necessário para disputar o título contra a equipe taurina. O heptacampeão mundial Lewis Hamilton apontou que com o advento da melhora de 'Checo', que desponta como o grande escudeiro de Max Verstappen, a briga pelo Mundial de 2021 deve ficar ainda mais complicada.

Em entrevista veiculada pelo site RacingNews365, Hamilton comentou sobre o atual momento da rival, reconhecendo que o ritmo taurino é superior ao da Mercedes. Além disso, diferente de Valtteri Bottas, que pouco ajudou a equipe e seu companheiro ao sofrer nas ruas da capital azeri ao terminar a prova na 12ª posição, Pérez foi o fiel da balança de Verstappen na corrida, garantiu a vitória e impediu que a Mercedes e Lewis Hamilton reassumissem a ponta do Mundial.

"Quero dizer, o carro é incrivelmente rápido. Creio que, sem dúvidas os dois juntos [Pérez e Verstappen] tornarão as coisas mais difíceis. Isso era o que esperávamos no começo do ano. Agora, temos apenas que abaixar a cabeça", disse.

"Quero dizer, claramente você consegue perceber que a Red Bull é a mais rápida no momento", assumiu.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! .

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Sergio Pérez vibra com vitória no GP do Azerbaijão
Sergio Pérez vibra com vitória no GP do Azerbaijão
Foto: Clive Rose/Red Bull Content Pool/Getty Images / Grande Prêmio

Após ver a Mercedes sofrer ao longo do fim de semana do GP do Azerbaijão, Hamilton celebrou o fato de ter conseguido seguir o ritmo da rival durante a corrida, fato que para ele foi recompensador, apesar de ter terminado fora da zona de pontuação depois de acionar de forma equivocada o "botão mágico" de freio, vendo 'Checo' rumar para a vitória, mantendo assim a Red Bull na frente do campeonato.

"Muito, muito difícil competir com eles atualmente. Então para estar na briga, naquela posição, foi um momento maravilhoso. E é uma grande experiência de humildade, de surgir do nada, depois de muito trabalho duro. Mas essas coisas acontecem", concluiu.

Flavio Gomes falou sobre o pódio improvável do GP do Azerbaijão (Vídeo: GRANDE PRÊMIO)

Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade