0

Embalado Athletico-PR encara o River Plate e os desfalques na Libertadores

Equipe paranaense vem de quatro vitórias consecutivas, mas terá importantes desfalques, em razão da covid-19

24 nov 2020
07h58
atualizado às 07h58
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O Athletico-PR tem um grande teste nesta terça-feira para confirmar o bom momento da temporada. A partir das 19h15, o time paranaense recebe o River Plate-ARG, na Arena da Baixada, pela partida de ida das oitavas de final da Copa Libertadores.

Embalado por quatro vitórias seguidas no Brasileirão, sequência que o tirou da zona de rebaixamento e o colocou no meio da tabela, o Athletico-PR não levou gol nos últimos três jogos. E, se conseguir manter esse rendimento, o time dá um importante passo rumo às quartas de final.

Isso porque o gol fora de casa vale como critério de desempate na Libertadores. A partida de volta será na terça-feira da semana que vem, no Estádio Libertadores da América, em Avellaneda. O Monumental de Núñez está passando por reformas.

O técnico Paulo Autuori encerrou a preparação para o jogo nesta segunda-feira e indicou que vai mandar a campo o que tem de melhor apesar da maratona. A partida contra o River Plate será a quarta em um período de dez dias.

"Não podemos nos dar ao luxo de poupar. Temos que seguir fortes. Vamos enfrentar uma das equipes mais competitivas da América do Sul e vai ser um momento importante para medirmos como anda nosso nível competitivo", disse Paulo Autuori.

O Athletico-PR, porém, tem muitas baixas para esse jogo. Os laterais Jonathan e Márcio Azevedo, o meia Lucho González e os atacantes Carlos Eduardo e Vitinho seguem de fora. Já o meia Canesin e o atacante Geuvânio testaram positivo para a covid-19 e estão isolados.

Diferente do adversário, o River, atual vice-campeão, chega mais descansado para esse jogo. O técnico Marcelo Gallardo poupou alguns titulares na vitória sobre o Banfield, por 2 a 0, pelo Campeonato Argentino, na última sexta-feira. "Trabalho com algumas alternativas, mas prefiro reservá-las para não dar nenhuma possibilidade ao rival. Tenho diferentes possibilidades para armar o time", despistou Gallardo, sem dar pistas de qual time vai mandar a campo.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade