PUBLICIDADE

Não Caia Nessa

Neymar, Felipe Neto e mais: famosos que divulgaram a Blaze e não foram citados pelo 'Fantástico'

Reportagem da TV Globo expôs influenciadores que divulgaram plataforma alvo de investigação por serviço ilegal

18 dez 2023 - 22h06
(atualizado às 22h07)
Compartilhar
Exibir comentários
Neymar Jr e Felipe Neto não foram citados em reportagem do 'Fantástico' sobre divulgação de plataforma de apostas
Neymar Jr e Felipe Neto não foram citados em reportagem do 'Fantástico' sobre divulgação de plataforma de apostas
Foto: Arte/Terra

A investigação da Polícia Civil de São Paulo sobre a Blaze e o 'Jogo do Aviãozinho' fez com que influenciadores, expostos pelo Fantástico, da TV Globo, por divulgação da plataforma, falassem sobre o tema das mais variadas formas desde o último domingo, 17.

Houve quem criticasse a reportagem, como Juju Salimeni e o youtuber Jon Vlogs. A influenciadora Viih Tube, por sua vez, afirmou que encerrou os contratos com a plataforma após denúncias. Até mesmo a atriz da emissora Mel Maia chegou a ser citada pela matéria do dominical da Globo. Em nota, Mel afirmou que apenas fez publicidades para a casa de apostas.

Por outro lado, a reportagem deixou de citar grandes nomes das redes sociais que mantiveram ou ainda mantêm relacionamento com a Blaze, como o astro do futebol Neymar Jr., sua ex-noiva e influenciadora Bruna Biancardi, e o youtuber Felipe Neto

Neymar Jr tem status de 'embaixador' de plataforma de apostas investigada
Neymar Jr tem status de 'embaixador' de plataforma de apostas investigada
Foto: Reprodução/Instagram

Neymar Jr, por exemplo, é considerado 'embaixador' da plataforma. Em suas redes sociais, que têm os comentários limitados, o craque do Al-Hilal mantém posts com divulgações dos jogos da Blaze desde dezembro de 2022, quando anunciou o patrocínio. Em vídeos no Instagram, onde tem 217 milhões de seguidores, o jogador aparece apostando em jogos virtuais. 

Tal é o apoio do craque à plataforma que a 'parceria' viabilizou um 'patrocínio master' da Blaze ao time de futebol Santos, que passou a estampar, por dois anos, a logo da casa de apostas no uniforme. O negócio de R$ 45 milhões foi intermediado pelo pai do jogador e pela agência de marketing da família, a N&N Consultoria, afirmou o então presidente do clube, Andrés Rueda, em depoimento à CPI das Pirâmides Financeiras em agosto passado.

A ex-noiva de Neymar, Bruna Biancardi, influenciadora e mãe de Mavie, a segunda filha do craque, também é patrocinada pela plataforma. Mais 'discreta' com relação às divulgações, Biancardi, que tem 9,4 milhões de seguidores, mantém uma postagem fixada em seu perfil no Instagram anunciando a parceria com a Blaze. 

Felipe Neto chegou a divulgar plataforma de apostas, mas desistiu após críticas nas redes sociais
Felipe Neto chegou a divulgar plataforma de apostas, mas desistiu após críticas nas redes sociais
Foto: Reprodução/Instagram

Outro caso notório de divulgação da plataforma de apostas é do youtuber Felipe Neto, seguido por 17,4 milhões de pessoas e conhecido pelo engajamento do público infantil. Em janeiro passado, o influenciador publicou uma propaganda da Blaze, falando sobre a possibilidade de uma 'renda extra', mas apagou o post após críticas de seguidores. 

A atriz e cantora Sophia Valverde, que completou 18 anos em agosto passado, também é uma das patrocinadas pela Blaze que 'passou batido' pela reportagem. Com 15 milhões de seguidores, a artista mantém uma publicidade da plataforma fixada em seu perfil no Instagram, com comentários fechados. 

Quem também engajou com a plataforma é o cantor e ex-A Fazenda Dynho Alves, que tem quase 10 milhões de seguidores em seu perfil. Dynho chegou a 'vender' seu nome para a plataforma como divulgação, além de publicar fotos e manter o site da casa de apostas na descrição de suas redes sociais. 

O Terra tenta contato com a defesa dos influenciadores citados. O espaço segue aberto para manifestação. 

Entenda o caso

A Polícia Civil de São Paulo está investigando a Blaze sobre o famoso "Jogo do Aviãozinho". Em uma única plataforma, a empresa teve R$ 100 milhões bloqueados pela Justiça. As autoridades reúnem indícios de que apostadores não recebem prêmios.

O Crash, conhecido como "Jogo do Aviãozinho", é um dos principais da plataforma Blaze. O game gira em torno de uma dinâmica simples: assim que o avião começa a voar, o valor da premiação vai aumentando e o apostador tem que decidir a hora de parar o voo - se antes surgir a palavra "Crashed", a aposta está perdida.

O jogo, assim como outros oferecidos pela Blaze, é ilegal no Brasil. A Polícia Civil começou a investigar a Blaze após apostadores denunciarem que prêmios mais altos não eram pagos pela plataforma, o que leva à suspeita de estelionato. "Eu cheguei a ganhar muito dinheiro, mais de R$ 100 mil. Eu consegui sacar R$ 20 mil. O resto ficou tudo lá ficou lá. E era uma manipulação atrás da outra", contou uma das vítimas ao Fantástico.

Influenciadores de peso, como Rico Melquiades, Mel Maia, Viih Tube e Carlinhos Maia foram expostos como responsáveis indiretos pelos suspostos golpes. Vídeos de todos eles incentivando que seus seguidores apostem foram utilizados pela reportagem da Globo.

Com a repercussão do assunto, o humorista Carlinhos Maia resolveu se pronunciar. Em desabafo, ele confirmou que fez publicidade dos jogos de azar, mas que cada seguidor tem que decidir se deve ou não apostar e que não cabe a ele responsabilidade nisso.

"Se eu disser pule do penhasco, você vai pular? Não! Você joga porque quer!", afirmou Carlinhos, destacando que, apesar de sua influência, a responsabilidade da ação recai sobre quem decide participar dos jogos de azar. “Se você não tem cabeça, não jogue. Se você não consegue se controlar na cachaça, não beba. O mundo… as pessoas, sempre vão estar influenciado você para alguma coisa. Eu divulgo, mas nunca joguei”.

'Jogo do Aviãozinho': quem são os influenciadores investigados por divulgação de jogos de azar 'Jogo do Aviãozinho': quem são os influenciadores investigados por divulgação de jogos de azar

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade