PUBLICIDADE

EMAE (EMAE4) pagará R$ 46,3 milhões em JCP; veja valor por ação

29 nov 2023 - 13h16
(atualizado às 13h19)
Compartilhar
Exibir comentários

A Empresa Metropolitana de Águas e Energia - EMAE (EMAE4) aprovou nesta terça-feira (28) a distribuição de R$ 46,3 milhões em juros sobre capital próprio (JCP) para os seus investidores, segundo comunicado divulgado na Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Segundo o texto, os juros sobre capital próprio da EMAE serão divididos da seguinte forma:

De acordo com a companhia, "essa quantia será creditada aos acionistas conforme a posição acionária final de 8 de dezembro de 2023 e será imputada como parte dos dividendos do ano de 2023".

O pagamento dos JCP da EMAE está previsto para o dia 26 de dezembro de 2023 e conforme legislação vigente, o valor a ser pago está sujeito à retenção de Imposto de Renda na fonte, exceto para acionistas comprovadamente imunes ou isentos.

Juros sobre capital próprio da EMAE

  • Valor total: R$ 46.327.489,88
  • Valor líquido por ação: R$ 1,005287 (ordinária) e R$ 1,105816 (preferencial)
  • Data de corte: 8 de dezembro de 2023
  • Data de pagamento: 26 de dezembro de 2023.

Itaú (ITUB4) divulga novo pagamento bilionário de JCP; veja o valor

O conselho de administração do Itaú (ITUB4) aprovou hoje (24) um novo pagamento de juros sobre capital próprio (JCP), no valor de R$ 0,24724 por ação. Essa quantia representa um valor aproximado de R$ 2,42 bilhões.

Os JCP do Itaú estão sujeitos a uma retenção de 15% de imposto de renda na fonte, gerando uma remuneração líquida de R$ 0,210154 por ação.

Essa tributação só não será aplicada sobre os proventos dos acionistas pessoas jurídicas que comprovarem ser imunes ou isentos.

O pagamento dos juros sobre capital próprio do Itaú será realizado em 30 de abril 2024, conforme é geralmente feito pela empresa.

Os novos proventos têm como base de cálculo a posição acionária registrada ao final de 6 de dezembro de 2023, ou seja, apenas os investidores posicionados nos papéis da companhia até o encerramento do pregão nesta data terão direito aos JCP.

Isso significa que os investidores que comprarem ações do Itaú no dia 7 de dezembro de 2023 não terão direito à remuneração, já que o provento será considerado como "ex-direito".

JCP do Itaú

  • Valor: R$ 2,42 bilhões
  • Valor por ação: R$ 0,210154
  • Data de corte: 6 de dezembro de 2023
  • Data de pagamento: 30 de abril 2024
Suno
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Publicidade