PUBLICIDADE

O que é verdade e o que é ficção no filme 'A Favorita'?

2 mar 2019 13h13
| atualizado às 13h15
ver comentários
Publicidade

A Favorita é um dos trabalhos do genial diretor Yorgos Lanthimos, que já lançou filmes magníficos como Dente Canino, O Sacrifício do Cervo Sagrado e O Lagosta.

Quando você começa a ver este filme, na hora começa a crer que aquilo tudo é muito absurdo, mas a verdade é que o filme é inspirado na realidade e em eventos que realmente aconteceram.

No entanto, nem tudo é extremamente fiel a realidade. Há alguma ficção ali, claro, para dar um toque a mais de cinema na história. Apesar de os personagens/pessoas que aparecem terem sido reais, e o figurino serem bem próximos ao da realidade.

Abaixo a gente lista alguns elementos do filme que são e não são verdade, de acordo com Ophelia Field, uma biógrafa de Sarah Churchill, e Matthew Storey, curador do Palácio de Kensington, que foram convidados pela BBC para falar sobre o assunto.

Foto: Element Pictures / Divulgação

A saúde frágil da Rainha Anne condiz com a realidade histórica?
Sim. Infelizmente é real que a rainha sofria com muitos problemas físicos durante a sua vida. Ela teve problemas com os olhos quando era jovem, e as 17 vezes as quais ela ficou grávida influíram diretamente na saúde física dela. Além disso, sofria de muitos problemas crônicos, e em meados dos seus 30 anos, não podia mais andar.

A Rainha Anne teve relações sexuais com Sarah Churchill?
Não há evidências concretas que existiu relações sexuais entre as duas. No entanto, há diversas evidências de que a rainha realmente tinha tendências homoafetivas, pois cresceu em meio a diversas garotas que tinham um comportamento sexual. Isso de acordo com o conteúdo de diversas cartas escritas por ela.

O quanto foi preciso o design de roupas criado por Sandy Powell para o filme?
Sandy Powell criou uma releitura das roupas que eram usadas na época, trazendo um toque moderno para as vestimentas. Ela deu a entender que os nobres usavam roupas muito “chiques”, com detalhes de tecidos vindos da Ásia e até da África. Apesar de não ser exatamente o tipo de roupas usados na época, ela retrata o estilo antigo com um toque a mais de criatividade e talento – o que deixou tudo, na verdade, mais bonito e fascinante.

A rivalidade entre Sarah e Abigail era tão grande como apresentado no filme?
O filme não mostra que Sarah na verdade meio que adotou Abigail e seus irmãos e irmãs, um longo tempo antes dos eventos mostrados no filme. E ela não dá um trabalho a Abigail no Palácio. O fato de se insinuar a rainha por parte de Abigail é tanto político quanto pessoal. Mas não há evidência também de que Abigail tenha tentado envenenar Sarah, nem ninguém. Apesar de Sarah ter sofrido um acidente enquanto cavalgava.

Sarah Churchill tentou chantagear a Rainha Anne?
Totalmente verdade. Sarah ameaçou a humilhar a Rainha ao revelar todas as suas cartas e sobre a relação delas. O filme, no entanto, mostra que ela se arrependeu e queima as cartas, mas na verdade ela escreveu suas memórias e só publicou depois de Anne morrer.

(*) Flávio Croffi é editor do site Geekness

Geek
Publicidade
Publicidade