0

Atrizes pornôs largam os filmes pra ganhar a vida com games

Elas largaram a carreira dos filmes pornôs para investirem em sua maior paixão: os videogames. Conheça a história de Mia e Paige.

5 abr 2018
14h47
atualizado em 1/8/2018 às 12h24
  • separator
  • comentários

Mia Khalifa e Veronica Vain têm três coisas em comum: moram no Texas, são ex-atrizes de filmes pornôs e largaram a profissão por causa dos videogames. Soou esquisito? Mas não é: a indústria dos jogos eletrônicos hoje em dia já consegue ser mais lucrativa do que o cinema e do que a própria indústria pornô.

Veronica Vain, ou melhor, agora é Paige Jennings
Veronica Vain, ou melhor, agora é Paige Jennings
Foto: Divulgação / Reality Kings

Vamos começar com a história de Veronica Vain, que agora usa seu nome verdadeiro: Paige Jennings. Ela era uma executiva de sucesso de Wall Street, mas decidiu largar tudo para ser atriz de filmes adultos. Depois, largou os filmes pornôs para ser gamer profissional, com direito a canal especializado no YouTube.

“Eu pensava que pornô era o que eu mais gostava de fazer na vida, mas a verdade é que não é aquele mundo divertido que todo mundo imagina”, contou Paige Jennings em entrevista ao canal Fox News. “A indústria do pornô tem suas próprias regras, há alguns pros, mas há muitos, muitos contras.”

Não tente encontrar o nome Paige Jennings nos créditos de filmes adultos, pois ela adotava o pseudônimo Veronica Vain para suas atuações no mundo da pornografia. “Eu estava cansada de ser Veronica Vain, pois era uma personagem que não representava o que sou na vida real. Sou uma pessoa simples, mas fiquei com aquele estigma de executiva que deixou Wall Street pra ser atriz pornô. Tornou-se maçante demais”.

Vivendo atualmente no Texas, ela agora se dedica a sua maior paixão: os games. Jennings se tornou uma youtuber especializada em games com 120 mil seguidores no canal RedHeadRedemption do YouTube e começa a investir na carreira de jogadora profissional de e-sports.

“Eu sempe fui meio nerd, sempre fui apaixonada por videogames ― mesmo quando estava em Wall Street ou fazendo filmes adultos. É claro que eu ganhava muito mais dinheiro fazendo filmes [risos] e pensei que era fácil ser youtuber. Mas não é. Ainda estou aprendendo a lidar com essa forma de mídia, é um processo lento”, confessa ela.

Jennings faz questão de dizer que não descarta eventualmente voltar a tabalhar na indústria pornô, mas não como atriz. “Seria como produtora, com algum projeto na área de produção. Como atriz com certeza não”.

Entre seus vídeos mais curiosos, está este aqui na qual ela joga Fortnite completamente bêbada (está em inglês):

A outra atriz com história similar é Mia Khalifa, atriz de origem muçulmana que despertou a fúria da Al Qaeda por fazer cenas de sexo usando a hijab (véu), mas acabou largando tudo para se dedicar aos videogames.

Mia nasceu em Beirute, em 1993, e se mudou com 7 anos de idade para os Estados Unidos. Em 2014, ela começou a fazer filmes pornôs e foi um sucesso imediato, tornando-se a mais vista e mais procurada no Pornhub por meses ― especialmente os vídeos em que ela faz sexo usando a hijab, aquele típico véu muçulmano. Ela tem tantos fãs que existe até uma petição (real e séria, por sinal!) pedindo que ela seja a próxima embaixadora dos Estados Unidos na Arábia Saudita.

Mia Khalifa causou até a ira da Al Qaeda
Mia Khalifa causou até a ira da Al Qaeda
Foto: Arquivo Pessoal / Instagram

Só que o mundo pornô ficou no passado e Mia agora investe no mundo gamer, inclusive com transmissões ao vivo no seu Twitch. Em seus novos vídeos, apesar de também falar de gastronomia e da cultura libanesa, seu foco principal são os games.

“Gosto dos jogos de esporte da série 2K, como NBA e NHL. Mas também gosto demais de Overwatch e Call of Duty: Black Ops III”, disse ela à revista americana Rolling Stone. “Também gosto muito World of Warcraft, assim como Dungeons & Dragons.”

Faça sua aposta: qual a próxima estrela pornô a largar tudo pra apostar no universo gamer?

Geek

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade