3 eventos ao vivo

Nove personagens com transtornos mentais não diagnosticados

Nem herói, nem vilão: tem personagem de game que precisa mesmo é de uma boa terapia. Divirta-se.

2 mar 2018
17h06
atualizado em 13/3/2018 às 15h20
  • separator
  • comentários

Atenção, este é um texto de humor... Mas você já percebeu isso, né?

Conker
Conker
Foto: Divulgação / Rare


9. CONKER

Problema:
TEI (Transtorno Explosivo Intermitente).
Sintomas: Conker é um esquilo alcoólatra, desbocado, pervertido e com “sangue nos olhos”. Ele é capaz de urinar em tudo e todos, aloprar o rei dos Uga-Bugas, metralhar seres sem piedade e mostrar suas “partes sexuais” sem o menor ressentimento.
Tratamento: recomendamos a prática de meditação, ioga e autoconhecimento, além do uso de florais de Bach todos os dias da semana.

Wario
Wario
Foto: Reprodução / Nintendo

8. WARIO

Problema: complexo de superioridade.
Sintomas: pouca paciência, excesso de peso, vulgaridade, fisicamente repulsivo, anti-higiênico, flatulento. Apesar de tudo isso, ele se considera o “número um” e afirma constantemente que é ele quem “vai ganhar”.
Tratamento: cuidar de crianças órfãs e velhinhos com problemas de saúde para desenvolver a humildade e aprender a agir com compaixão. Ficar sozinho em uma floresta deserta também pode ser uma alternativa para o problema.

Yoshi
Yoshi
Foto: Reprodução / Nintendo

7. YOSHI

Problema: distúrbio alimentar.
Sintomas: Yoshi só pensa em comida e come qualquer coisa que aparece em sua frente: maçãs, criaturas das mais diversas, cogumelos, cascas de tartarugas, bombas e até ovos de sua própria espécie. Sua fome é tão inconsequente que, ao saltar do Mario, ele corre desesperado sem saber para onde ir.
Tratamento: dieta a base de chá verde, legumes, verduras, carnes magras, frutas secas e muita água. Afinal, ninguém consegue se manter saudável comendo tanta porcaria.

Kratos
Kratos
Foto: Divulgação / Sony Santa Monica

6. KRATOS

Problema: ansiedade e nervosismo.
Sintomas: Kratos sofreu com problemas familiares que afetaram profundamente seu psicológico. Isso resultou em estresse, dificuldade para relaxar, atitudes raivosas, impaciência, impulsividade e inconsequência. Nós sabemos que não precisa de muito para ele arrancar a cabeça de alguém com as próprias mãos.
Tratamento: pôr-do-sol entre amigos, adotar um gatinho, tomar um sorvete na praça, jogar frisbee com um cachorro, chá de camomila.

Sonic
Sonic
Foto: Divulgação / Sega

5. SONIC

Problema: hiperatividade.
Sintomas: a hiperatividade é um estado excessivo de energia, que pode ser motora ou mental. Sonic tem a necessidade constante de se manter em movimento, ele não consegue ficar parado nem mesmo por um minuto. Enquanto você piscou ele já se foi...
Tratamento: sessões de massagem e acompanhamento psicoterapêutico. Caso o problema não apresente progresso, sessões de eletrochoque podem ser consideradas.

Link (não ouse chamá-lo de "Zelda" que é treta na certa...)
Link (não ouse chamá-lo de "Zelda" que é treta na certa...)
Foto: Divulgação / Nintendo/Capcom

4. LINK

Problema: cleptomania.
Sintomas: link coleta um número incontável de objetos inúteis, como um acumulador compulsivo. Seus bolsos estão sempre recheados de pedaços de pedras, sacos de rúpias, insetos e outros tipos de objetos que antes não pertenciam a ele. Agora pertencem. Link não sente culpa e pega os objetos alheios com sensação de prazer, sem refletir sobre as suas ações.
Tratamento: o primeiro passo é reconhecer o problema. Depois disso, é indicada a destruição total dos objetos furtados para que seja possível deixar para trás os momentos de ações criminosas.

Duke Nukem
Duke Nukem
Foto: Divulgação / Apogee

3. DUKE NUKEM

Problema: síndrome de Tourette.
Sintomas: para quem não sabe, a Síndrome de Tourette é um distúrbio que pode levar as pessoas a inserir palavrões em um discurso ou conversa sem qualquer motivo aparente, a ponto de a prática se tornar incontrolável. Duke Nukem faz uma careta a cada 30 segundos, independentemente das circunstâncias. No meio de uma conversa sobre um salvamento proposto por Obama, ele interrompe para dizer que está aqui para “chutar o traseiro e mastigar chiclete”.
Tratamento: a origem da síndrome pode estar ligada ao seu trabalho. É necessário que se distancie de lutas, alienígenas, mísseis, explosões, guerras e discórdias por tempo indeterminado. Um bom passatempo pode ser ir até um karaokê e cantar Born to be Wild.

Pac-Man
Pac-Man
Foto: Reprodução / Namco

2. PAC-MAN

Problema: hipocondria e esquizofrenia.
Sintomas: os produtores negam, mas temos certeza de que Pac-Man crê padecer de uma doença grave. Focado nesse tormento, ele se perde em labirintos em busca de pílulas que acabem com os sintomas inventados por sua própria cabeça.
Tratamento: passar um tempo no campo, ordenhar vacas, atendimento psicológico ou um café com amigos.

Luigi
Luigi
Foto: Reprodução / Nintendo

1. LUIGI

Problema: alucinações e delírios.
Sintomas: Luigi normalmente se encontra com fantasmas e criaturas do além. Todos sabemos que essas manifestações não passam de delírios, uma vez que ele já sofreu muito escorregando em bananas no Mario Kart. Alguns acidentes deixam sequelas para sempre.
Tratamento: sessões de hipnose, abster-se de cogumelos e drogas alucinógenas, controlar o estresse, manter um estilo de vida saudável longe de cientistas malucos e aspiradores de pó.

(Colaboração/ideia original: Paula Romano)

Geek

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade