Bailarinos nus encenam peça de Beckett no Sesc Belenzinho

Coletivo Irmãos Guimarães, de Brasília, realiza temporada de “Quadrado” e uma série de atividades ligadas à obra do dramaturgo irlandês

29 mai 2015
10h00
atualizado às 11h39
  • separator
  • 0
  • comentários

Fernando Guimarães abandona a entrevista quando questionado sobre a justificativa da nudez em cena. Apenas provoca. “Veja”, disse ele sem colocar um ponto final no assunto, mas reticências. Ao lado de seu irmão, Adriano, ele dirige a peça “Quadrado”, atração de destaque dentro da ocupação que o Coletivo Irmãos Guimarães faz no Sesc Belenzinho.

Coletivo Irmãos Guimarães propõe um novo olhar para encenação baseada em textos e no ritmo de Beckett
Coletivo Irmãos Guimarães propõe um novo olhar para encenação baseada em textos e no ritmo de Beckett
Foto: Emília Silberstein / Divulgação

A cena icônica da livre adaptação de textos “Quad” e “Noite e Sonho”, de Samuel Beckett, surgiu por acaso. “Era para ser uma troca de figurino”, revela o assistente de direção Edson Beserra, que também está no elenco, juntamente com Leandro Menezes, Lina Frazão, Rafael Alves, Valéria Rocha e Lavínia Bizzotto, que às vezes é substituída por Alessandro Brandão.

Com apresentações somente até domingo (31) e classificação para 16 anos, o “Quadrado” é divido em quatro cenas e é numa transição delas que o nu aparece. “Vestir-se e despir-se são coisas naturais. Se o Fernando evitou falar, é porque não queria orientar o olhar do público”, conclui Beserra. “A nudez tem sido usada na arte como instrumento político. Nós não fazemos isto. O público escolhe um modo de ler a cena”. 

A ocupação artística “Sozinhos Juntos” fica em cartaz até 28 de junho e está estruturada sobre um elemento central do universo beckettiano na visão do Coletivo Irmãos Guimarães: o ritmo.  O público poderá conferir performances, palestras e outras peças inspiradas no período criativo de 1956 a 1981 de Beckett.

Com mais de 20 anos de atuação, o Coletivo dedicou 17 deles à pesquisa da obra de Samuel Beckett, desenvolvendo espetáculos teatrais, exposições, instalações, vídeos e performances.

“Sozinhos Juntos”
Coletivo Irmãos Guimarães
Sesc Belenzinho – Rua Padre Adelino, 1000, Belezinho – São Paulo

ESPETÁCULOS:

“Quadrado”, inspirado em “Quad” e “Noite e Sonho”
22 a 31 de maio
Sextas e sábados, 21h30
Domingos, 18h30
Sesc Belenzinho - Sala de Espetáculos I
R$ 25 

“Sopro”, inspirado em “Ato sem palavras I” e “Passos”
Com Liliane Rovaris e Yara De Cunto
De 05 a 14 de junho
Sextas e sábados, 21h30. Domingos, 18h30
Sesc Belenzinho - Sala de Espetáculos I
R$ 25 

“Fôlego”, inspirado em “Improviso de Ohio” e “Ato sem palavras II”
Com Emanuel Aragão e Mateus Ferrari
De 19 a 28 de junho
Sextas e sábados, 21h30. Domingos, 18h30
Sesc Belenzinho - Sala de Espetáculos I
R$ 25 

PERFORMANCES:

“Nada se move”
Com Yara de Cunto
28 de maio, 20h

Com Denise Stutz
04 de junho, 18h30

Com Miwa Yanagizawa
11 de junho, 20h

Sala de Espetáculos I (50 lugares)
Grátis
Retirada de ingressos 1h antes da apresentação

“59 minutos e 59 segundos”
Com Liliane Rovaris
18 de junho, 20h
Sesc Belenzinho - Sala de Espetáculos I
Grátis
Retirada de ingressos 1h antes da apresentação

“99 a 1”
Com Emanuel Aragão
25 de junho, 10h e 22h
Duração: 12 horas (O público poderá entrar e sair da sala a qualquer momento).
Sesc Belenzinho - Sala de Espetáculos I
Grátis
Retirada de ingressos 1h antes da apresentação

CICLO DE PALESTRAS - A materialidade do ausente:

“Quadrangulares”
Com Marília Panitz
27 de maio, 20h
Grátis
Retirada de ingressos 1h antes da apresentação

“Matéria e Antimatéria: A Invisibilidade Ativa na Cena Beckttiana”
Com Luiz Fernando Ramos
03 de junho, 20h
Grátis

“Do Pobre Mente ao Palco e de Volta: As pontes de Palavras no Último Beckett
Com Fábio de Souza Andrade
10 de junho, 20h
Grátis

“Vazios e Repetições”
Com Cassiano Sydow Quilici
17 de junho, 20h
Grátis

Fonte: Cross Content
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade