Veja 10 lugares remotos para conhecer em cruzeiros

Ilhas exóticas, regiões gélidas e de vida selvagem extrema são alvo de expedições

6 jan 2016
08h00
atualizado às 09h16
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Há cruzeiros para praticamente todas as regiões do mundo. Se a maioria dos grandes transatlânticos focam em regiões badaladas como o Caribe e o Mediterrâneo, há opções para quem quer viver aventuras extremas. Regiões inóspitas, lugares remotos, ilhas e áreas quase inabitadas, áreas pouco convidativas para os seres humanos e o contato extremo com a vida selvagem são alvo dos roteiros de expedição. Confira 10 locais extremos para aproveitar uma viagem de navio.

Galápagos
As ilhas Galápagos, no Equador, são um dos lugares mais remotos e inabitados do continente sul-americano. Passeios de caiaque, caminhadas e mergulho são algumas das formas de se conhecer a região quase inabitada e repleta de bela vida selvagem, como as gigantes tartarugas das galápagos. Praias repletas de leões-marinhos, mergulho de snorkel entre esses e outros animais, pinguins, peixes exóticos, patolas de pés azuis dominam as ilhas e deixam os humanos em segundo plano.

Cruzeiros podem acessar lugares remotos
Cruzeiros podem acessar lugares remotos
Foto: IssyMom/Shutterstock

Groenlândia
Ao contrário do que significa seu nome (Terra Verde), a Groenlândia é uma gigante área branca e gélida. Cruzeiros para a região inóspita e pouco habitada são um desafio. Para atravessar uma rota inteira entre o Ártico canadense, o mar de Bering até ela são necessárias semanas de viagem através de icebergs, geleiras e gigantescos fiordes. E lá as visitas são a vilas isoladas com a presença de ursos polares e poucos seres humanos. No entanto, as paisagens são impressionantes.

Alasca
O estado norte-americano recebe tanto navios de expedição quanto transatlânticos mainstream, mas sempre pode oferecer aventuras. Passeios de avião para pesca em lugares remotos, escaladas e rapel em colinas, caminhadas por geleiras e visitas a locais quase inabitados são algumas das atrações.

Amazônia peruana
Na região reinam os cruzeiros de expedição e passeios em pequenos botes através da floresta amazônica. Animais típicos do local como botos cor-de-rosa, macacos, pássaros raros e até jacarés. Entre as atividades podem estar pescarias também, que incluem degustar no jantar a piranha que você mesmo pescou.

Antártica
Os grandes icebergs, as geleiras, baleias e elefantes-marinhos são apenas uma parte das atrações e aventuras de roteiros pela Antártica. Os cruzeiros na região podem ser imprevisíveis e as rotas costumam ser flexíveis justamente para que se possa parar em quase qualquer lugar. Em alguns casos da até para passar uma noite acampado fora do navio. 

Ártico
Um grande deserto de gelo, onde mesmo no verão é necessário usar roupas pesadas para não congelar, icebergs, geleiras e fiordes compõem o visual de um cruzeiro pelo Ártico. Mas a região gelada ao norte do globo ainda reserva grandes surpresas como lindas flores selvagens, animais como morsas, baleias beluga, focas barbudas, pássaros raros, renas e enormes ursos polares.

Austrália Ocidental
Na Austrália ocidental, encontra-se a região selvagem e dramática de Kimberley. Grandes penhascos vermelhos e a aridez do outback australiano tornam os cruzeiros por lá uma experiência extrema. Há ainda passeios por florestas tropicais, mangues, rios e enseadas, com vistas que incluem gargantas escondidas com grandes pedras, gigantescas e barulhentas cachoeiras, além de heranças Aborígines e crocodilos.

Rio Mekong
Apesar de ser uma região de cruzeiros de luxo, com navios fluviais extremamente aconchegantes, o Rio Mekong pode oferecer desafios aos passageiros. Além dos belos templos hindus e budistas ao longo da viagem, há passeios por vilarejos, mercados típicos e locais trágicos como os campos de extermínio do Camboja.

Micronésia e Melanésia
Essa região é recheada de aventuras aquáticas como mergulho entre mais de 500 espécies de corais e cerca de 2 mil tipos de peixes no Triangulo dos Corais. Caminhadas nas profundezas das florestas, observação dos lagartos gigantes de Komodo, rituais da população local em ilhas como Papua-Nova Guiné são algumas das possibilidades.

Extremo Oriente Russo
O Extremo Oriente Russo, onde ficam regiões como a Sibéria, é um dos locais mais extremos que se pode vistar a bordo de um cruzeiro. Ilhas com impressionantes gêiseres, colônias de aves oceânicas, baleias e vulcões cobertos por neve fazem parte da paisagem. Alguns passeios em botes podem levar para o lar de ursos pardos, leões marinhos, raposas do ártico e outros.

Conheça o cruzeiro que será novidade na próxima temporada Conheça o cruzeiro que será novidade na próxima temporada

Veja também:

Beirute: A mãe em trabalho de parto durante a explosão
Fonte: Canarinho Press
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade