0

SP chega a 5.773 mortes; Grande SP tem 91% da UTIs ocupadas

Dos 645 municípios do Estado, 500 já tem registro da doença, segundo governo do Estado

22 mai 2020
16h01
atualizado às 16h19
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Foto: Tarso Sarraf / Estadão Conteúdo

O total de pessoas mortas por covid-19 em São Paulo cresceu 3,8% nas últimas 24 horas, chegando a um total de 5.773 óbitos, segundo a Secretaria Estadual da Saúde. Foram mais 215 mortes nas últimas 24 horas. O total de casos confirmados da doença aumentou de 73.793 para 76.871 também nas últimas 24 horas no Estado, epicentro da doença no País.

Ao todo, 74,7% dos leitos em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) do Estado reservados para pacientes infectados pelo novo coronavírus estão ocupados. Na Grande São Paulo, a situação é mais próxima da lotação: 91,4% das vagas já estão preenchidas, segundo a secretaria.

"Há 11,6 mil pacientes internados em São Paulo, sendo 4.433 em UTIs e 7.176 em enfermaria. Até o momento, já ocorreram 15.296 altas de pacientes que tiveram confirmação de covid-19 e foram assistidos em hospitais", informa o governo estadual.

Os dados desta sexta-feira reforçam tendência já divulgada pelo governo, de avanço da doença pelo interior do Estado: dos 645 municípios de São Paulo, 500 têm registro da doença. "O vírus continua se espalhando pelo Estado e já alcança 500 municípios paulistas, o equivalente a 77,5 % do território", informa a nota.

Dados divulgados mais cedo mostram que o feriadão prolongado criado na capital conseguiu fazer a taxa de isolamento social na cidade ficar em 52% na quinta-feira. No restante do Estado, entretanto, essa taxa foi de 49%. Na próxima segunda, 25, haverá um novo feriado, desta vez em vigor em todo o Estado.

Veja também:

Beirute: A mãe em trabalho de parto durante a explosão
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade