PUBLICIDADE

Oftalmologista alerta para cuidados com os olhos no Carnaval

Confira doenças oculares comuns nesta época de folia.

9 fev 2024 - 19h52
Compartilhar
Exibir comentários

O Carnaval é um momento de celebração e alegria, mas é importante lembrar cuidados com os olhos durante esse período.  O Dr. Marcelo Brito, médico oftalmologista, destaca algumas doenças oculares comuns e acidentes que podem ocorrer e formas de preveni-los:

  1. Olhos queimados pelo sol: A exposição prolongada ao sol pode causar fotoceratite. Os sintomas incluem vermelhidão nos olhos, dor e sensibilidade à luz. Para evitar isso, use óculos de sol com 100% de proteção UV e chapéus de abas largas.
  2. Conjuntivite: é uma infecção da fina camada que cobre o branco do olho e o interior da pálpebra. É altamente contagioso e se espalha ao tocar nos olhos após tocar em objetos contaminados. Para evitar isso, lave as mãos com frequência, evite tocar no rosto e não compartilhe toalhas ou maquiagem.
  3. Desidratação: a atividade física e beber álcool pode levar à desidratação, o que pode causar olhos secos e embaçamento. Para evitar isso, beba bastante água e use colírios lubrificantes, se necessário.

[caption id="attachment_4225" align="alignnone" width="300"]

Oftalmologista alerta para cuidados com os olhos no Carnaval
Oftalmologista alerta para cuidados com os olhos no Carnaval
Foto: Sou Mais Bem Estar

Crédito: Freepik[/caption]

  1. Objetos estranhos: Durante o Carnaval, existe o risco de objetos estranhos entrarem em contato com os olhos, como confete, glitter, purpurina ou poeira. Para evitar isso, mantenha os olhos fechados quando houver muitos detritos voadores e use óculos de proteção, se necessário. Em caso de contato, lave abundantemente seus olhos com água corrente e procure um serviço de emergência oftalmológica se os sintomas persistirem.
  2. Acidentes relacionados ao álcool: O consumo de álcool pode levar a quedas e acidentes que podem causar lesões oculares. Para evitar isso, limite o consumo de álcool e tenha cuidado em áreas mais aglomeradas.
  3. Compartilhamento de maquiagem: Compartilhar maquiagem, especialmente rímel, delineador e sombra, pode aumentar o risco de infecções oculares, como conjuntivite. Para evitar isso, use sempre sua própria maquiagem e nunca a compartilhe com outras pessoas. Além disso, certifique-se de substituir o rímel e outras maquiagens dos olhos regularmente, pois eles podem abrigar bactérias que podem levar a infecções.

Tomando os devidos cuidados e seguindo essas dicas, você poderá aproveitar as festas sem colocar a visão em risco.

Fonte: Marcelo Brito |  Médico Oftalmologista | CRM: 18871/RQE:415 | @dr.marcelobrito

Sou Mais Bem Estar
Compartilhar
Publicidade
Publicidade