PUBLICIDADE

Janeiro Branco: importância de promover a saúde mental no ambiente corporativo

Conheça os benefícios para o contentamento dos colaboradores e desempenho da empresa

10 jan 2023 - 14h02
Compartilhar
Exibir comentários

Neste mês é celebrado o 'janeiro branco', uma campanha dedicada à conscientização e com o objetivo de promover ações para combater e prevenir doenças mentais. De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 720 milhões de pessoas vivem com doenças mentais no mundo. Apesar de o assunto, por muitos anos, ter sido um tabu social, os debates sobre o problema têm ganhado espaço nas rodas de conversas e redes sociais. Isso porque a população tem reconhecido cada vez mais a necessidade de cuidar da saúde mental.

Saúde mental influencia o clima organizacional e produtividade do trabalhador
Saúde mental influencia o clima organizacional e produtividade do trabalhador
Foto: Shutterstock / Portal EdiCase

"Antes se falava menos sobre o tema, então as pessoas tinham mais dificuldade em reconhecer os sinais de alerta. Hoje as pessoas já enxergam isso de outro lugar, o cansaço extremo, a insônia, a alteração de apetite e as dores de cabeça, por exemplo, já são percebidas como alerta para a saúde mental e não apenas física", esclarece Hugo Couto, psicólogo líder da Amparo Saúde, empresa do Grupo Sabin.

Prejuízos das doenças mentais

Como na saúde física, esses transtornos têm múltiplas causas e uma grande variedade de sintomas, manifestando-se de maneira diferente em cada indivíduo. Mas uma coisa é clara, em desequilíbrio, a saúde mental afeta todas as áreas da vida e compromete até mesmo a saúde física com o desenvolvimento inclusive de doenças crônicas.

Função da atenção primária à saúde no ambiente corporativo

Se o tema tem ganhado cada vez mais relevância na sociedade, nas empresas ele chega como uma necessidade frente aos impactos desses transtornos no ambiente de trabalho, que afetam o clima organizacional, a satisfação e consequentemente a produtividade e a eficiência.

O modelo de atenção primária à saúde, aliado a gestão de grupos populacionais, tem se mostrado uma estratégia efetiva nas empresas para este desafio, na medida em que enxerga o indivíduo como um todo, e não apenas a sua doença, propondo o engajamento das pessoas no protagonismo da própria saúde.

Dessa forma, promovendo estilos de vida mais saudáveis, atuando assim na prevenção das doenças, identificando riscos e oferecendo recursos multidisciplinares para que cada um possa cuidar da sua saúde física e mental de maneira completa e, com isso, ter uma vida mais plena e feliz.

Oferecer recursos para saúde dos colaboradores promove bem-estar e satisfação no trabalho
Oferecer recursos para saúde dos colaboradores promove bem-estar e satisfação no trabalho
Foto: Shutterstock / Portal EdiCase

Benefícios da saúde preventiva no trabalho

Segundo Silvia Vilas Boas, gestora da Amparo Saúde, promover a saúde mental no ambiente corporativo é essencial para o contentamento dos colaboradores e desempenho da empresa. "Oferecer recursos para a saúde preventiva nos ambientes organizacionais, promove bem-estar, impacta na satisfação e favorece o clima. Acreditamos que empresas saudáveis são feitas por profissionais saudáveis e, por isso, trabalhamos essa visão nos programas que oferecemos aos nossos parceiros", destaca.

"As empresas, onde as pessoas passam em média um terço do seu dia, são um espaço importante de sentido, experiências e por que não de promoção a saúde física e mental? Abrir espaços para discutir temas sensíveis e oferecer acesso a saúde preventiva e integral é mais que necessário, é urgente", alerta Hugo Couto.

Por Anne Elise Candal

Portal EdiCase
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade