PUBLICIDADE

Cuidados com comidas e bebidas no Carnaval

Nutróloga alerta sobre a atenção necessária a alimentação no caranaval

10 fev 2024 - 16h07
Compartilhar
Exibir comentários

A médica a nutróloga Dra. Ana Luisa Vilela, médica especialista em emagrecimento da capital paulista, alerta para os cuidados com comidas e bebidas o carnaval.

"Nas ruas há uma infinidade de perigos nas bebidas e nas comidas, mas dá para consumir de tudo sem se colocar em perigo. O mais importante é ter cuidado para evitar contaminações e intercorrências que podem acabar com a festa do folião", explica a médica que deixa as dicas de como se cuidar:

  • Para evitar a contaminação de latas de cerveja ou refrigerante: Limpar a latinha com água corrente ou álcool em gel para evitar leptospirose ou contaminações, por exemplo;
  • Ao consumir gelo: É importante certificar que o gelo foi feito com água filtrada;
  • Garrafinhas de água: Devem estar devidamente lacradas pelo fabricante;
  • Comidas proibidas: Espetinhos mal passados, lanches feitos com maionese caseira ou industrializadas expostos ao calor ou que contenham embutidos como o presunto ou saladas;

[caption id="attachment_4236" align="alignnone" width="300"]

Cuidados com comidas e bebidas no Carnaval
Cuidados com comidas e bebidas no Carnaval
Foto: Sou Mais Bem Estar

©Pollyana Ventura de Getty Images Signature via Canva.com[/caption]

A médica alerta ainda para os sinais de intoxicação alimentar que podem aparecer caso haja o consumo de alimentos contaminados. "Dores abdominais, distensão abdominal, gases, diarreia, dor de estômago ou náusea são sinais de alerta. Para minimizar os desconfortos é preciso manter a hidratação com isotônicos, água e água de coco e evitar imediatamente o consumo de álcool. E em casos mais graves com febre intensa, diarreia, dor no corpo e boca seca que durarem mais de 3 dias é preciso buscar ajuda médica imediatamente", afirma.

E para curtir a folia sem preocupação, Dra. Ana mostra que tem comida nas ruas que são mais seguras: "O milho cozido, pipoca, hambúrguer bem passado se for frito na hora e picolés de frutas são opções seguras", diz a médica que ainda lista as calorias das bebidas alcoólicas e alerta para a importância de fazer boas escolhas. "Entre as bebidas menos calóricas estão a dose do gim ou de saque já que ambas possuem cerca de 70 calorias, em segundo lugar ficam a taça de vinho, a dose de tequila ou de cachaça com 110 calorias cada. A vodca e o whisky carregam cerca de 125 calorias e a latinha de cerveja 160", finaliza.

Fonte: Dra. Ana Luisa Vilela | Graduada em Medicina pela Faculdade de Medicina de Itajubá - MG, especialista pelo Instituto Garrido de Obesidade e Gastroenterologia (Beneficência  Portuguesa de São Paulo) e pós graduada em Nutrição Médica pelo Instituto GANEP de Nutrição Humana também na Beneficência Portuguesa de São Paulo e estágio concluído pelo Hospital das Clinicas de São Paulo - HCFMUSP. Atualmente, dedica-se à frente da sua clínica especializada em emagrecimento, para melhorar a autoestima de seus pacientes com sobrepeso com tratamentos personalizados que aliam beleza e saúde.

Sou Mais Bem Estar
Compartilhar
Publicidade
Publicidade