PUBLICIDADE

Brasil pode registrar 4,2 milhões de casos de dengue em 2024

Distrito Federal iniciou hoje vacinação contra a doença; 'Nós nunca chegamos a esse número, por isso a preocupação', disse secretária

9 fev 2024 - 12h55
(atualizado às 14h51)
Compartilhar
Exibir comentários
Crianças serão as primeiras vacinadas contra a dengue no Brasil
Crianças serão as primeiras vacinadas contra a dengue no Brasil
Foto: iStock

BRASÍLIA, 09 FEB - O Ministério da Saúde informou nesta sexta-feira (9) que o Brasil pode registrar 4,2 milhões de casos de dengue em 2024, enquanto o Distrito Federal, a unidade da federação com o maior coeficiente de contágios, iniciou a vacinação contra a doença.

"A estimativa é que a gente chegue a 4,2 milhões de casos. Nós nunca chegamos a esse número, por isso a preocupação pela pressão que isso pode acontecer no serviço de serviço de saúde", disse Ethel Maciel, secretária de Vigilância Sanitária do Ministério da Saúde.

A funcionária explicou que houve uma "antecipação dos casos que não tínhamos visto nas últimas epidemias". "Em geral, há um crescimento no final de março, nós começamos a ver um crescimento já em janeiro", afirmou.

Segundo Maciel, até agora foram registrados 395 mil casos prováveis da doença em 2024, frente a 95 mil no mesmo período do ano passado.

Além disso, houve uma mudança no perfil do mosquito Aedes aegypti, com circulação ao longo de todo o dia, e não apenas no começo da manhã e no fim da tarde.

Enquanto isso, os postos de saúde do Distrito Federal registraram longas filas no primeiro dia de vacinação de crianças de 10 e 11 anos.

A ideia era imunizar crianças e adolescentes de 10 a 14 anos, porém não há número suficiente de vacinas fabricadas pelo laboratório japonês Takeda. Paralelemente, o Instituto Butantan, de São Paulo, desenvolve um imunizante próprio contra a dengue. 

Alerta ligado: casos de dengue disparam em vários estados Alerta ligado: casos de dengue disparam em vários estados

Ansa - Brasil   
Compartilhar
Publicidade
Publicidade