PUBLICIDADE

Conheça os benefícios de combinar música e meditação

Ambas são formas de relaxar e aliviar o estresse, e quando utilizadas em conjunto, podem ser ainda melhores

25 mar 2022 05h00
ver comentários
Publicidade

Letra e melodia, uma simples, e ao mesmo tempo, complexa combinação capaz de produzir explosões de emoções em seus admiradores. Há muito tempo, a música é parte da vida e do cotidiano das pessoas, com relatos que apontam a existência de flautas há milhares de anos, por exemplo. Uma sociedade moldada com o tempo e que encontrou nos sons uma forma de se expressar. 

Não é raro conectarmos lembranças marcantes a uma canção específica e, portanto, torná-la gatilho sensorial ao ouvi-la inesperadamente. “Os estímulos sonoros de uma música, estimulam diretamente áreas cerebrais ligadas ao controle dos nossos impulsos, emoções e motivações. Trazem rapidamente lembranças, gerando sensações intensas ligadas a estas memórias e, portanto, emoções. Quem nunca se lembrou de alguma situação marcante ouvindo uma música?”, aponta Clarissa Guariniello, especialista em Neurociência e professora da ESPM. 

Isoladas durante períodos de 2020 e 2021, as pessoas, cumprindo regras de distanciamento, foram diversas vezes até suas sacadas para tocar instrumentos musicais e cantarem. Gestos emocionantes e que uniam uma comunidade momentaneamente impedida de se aproximar. 

Apoio sonoro durante a meditação pode ser relaxante e trazer mais foco
Apoio sonoro durante a meditação pode ser relaxante e trazer mais foco
Foto: Syda Productions / Adobe Stock

“A música também estimula as áreas responsáveis pela criação de imagens e cenas, estimulando assim nossa imaginação e criatividade”, afirma Clarissa. 

Da mesma forma, aplicativos de música implementam novas funcionalidades e estudam o comportamento dos usuários visando entregar um serviço mais personalizado e que de fato “entenda” a necessidade do público. Playlists de acordo com o humor ou mesmo a atividade a ser iniciada, como uma corrida no parque. 

A música ajuda a relaxar e reduzir o estresse 

Curtir uma música não precisa ser necessariamente estar em uma festa ou gostar de um ritmo específico. Como cada indivíduo é afetado de maneira diferente pelos sons, a música também pode se tornar uma grande aliada na hora de relaxar e diminuir o estresse. São diversas alternativas, como estilos musicais variados, apenas instrumentos ou mesmo aproveitar os sons a natureza. 

Na meditação, o uso de músicas e sons chega para complementar as práticas e oferecer mais opções, já que o silêncio não é única alternativa para manter a concentração. O apoio sonoro serve muito bem em situações nas quais o som ambiente não é o mais favorável, como no caso dos grandes centros urbanos. As meditações guiadas seguem ao ritmo em que a música se desenrola, preenchendo toda a sessão e trazendo mais foco, assim o ruído externo acaba abafado e a concentração se torna maior. 

Existem alternativas no mercado que utilizam a música como uma ferramenta de bem-estar. O aplicativo Atma, por exemplo, tem inúmeros conteúdos combinados com música: 

Meditação guiada, onde os usuários conseguem escolher músicas e sons como fundo, além da voz do monge Satyanātha; 

Meditação não guiada, onde o usuário escolhe uma música / som de fundo e determina a duração da prática; 

Músicas: seção cujo principal objetivo é disponibilizar conteúdos que podem ser acionados quando o usuário já estiver realizando uma atividade (estudando, trabalhando etc). 

 

O Atma está disponível para: 

Android e iOS 

 

ATMA Seu app de meditação
Publicidade
Publicidade