PUBLICIDADE

SPFW: Walério revive anos 90 com Herchcovitch de DJ

3 jun 2022 23h59
ver comentários
Publicidade

O quarto dia SPFW foi fechado por Walério Araújo no Komplexo Tempo, na Mooca, Zona Leste de São Paulo, com um mix de roupas que remetem ao tempo que ele começou a vender suas criações nas feiras de moda dos anos 1990, como Mercado Mundo Mix e Mambo.

Desfile de Walério Araújo no SPFW
Desfile de Walério Araújo no SPFW
Foto: Rosângela Espinossi / Elas no Tapete Vermelho

E também peças vintage, usadas por famosas como Rita Cadilac, no filme "Carandiru". Esse retorno no tempo levou também Alexandre Herchcovitch e DJ Johnny Luxo a fazerem o som ao vivo. Nos telões do fundo, imagens de vários desfiles do estilista e fotos com clientes famosos, como Elke Maravilha.

Uma calcinha de tiras de miçanga, usada pela personagem "Feiticeira", abriu o desfile na pele do modelo Ramon, junto com um colete de contas coloridas. Aliás, cores e plumas também não faltaram na apresentação, além de outras estampas e materiais sempre presentes nas criações dos artistas, como brilho, paetês, vinil, tule e animal print.

Desfile de Walério Araújo no SPFW
Desfile de Walério Araújo no SPFW
Foto: Rosângela Espinossi / Elas no Tapete Vermelho

"Nas feiras, vinham vários tipos de clientes, clubbers, drags, grunges, darks, New wavers. E eu sentia o público. Era um tempo de buscar caminhos. Quando eu fazia peças bordadas, vendia tudo. E foi aí que tudo começou. Essa história quero levar para o futuro", disse o estilista no backstage.

Amigos de longa data também cruzaram a passarela. A atriz e modelo Carol Marra disse, enquanto se maquiava, que não podia deixar de aceitar o convite de Walério para desfilar. "Ele sempre faz minhas cabeças e fantasias de Carnaval", explicou. Ela entrou com um enfeite de cabeça com plumas vermelhas, camiseta alongada e botas.

A história de Walério também apareceu com um modelo de sunga e faixa com a inscrição: "Mister Walério Araújo 2022". "No começo, participei, ao lado de Clodovil, de vários júris de Go-Go Boys", lembrou.

Alfaiataria multicolorida, blusa com a estampa da mãe com muitas plumas, bordados e seus lindos adereços de cabeça pontuaram o desfile. As criações de Walério são sempre um festa.

Ação

Assim como no desfile de novembro, Luciano Szafir desfilou com uma bolsa de colostomia para chamar atenção à causa. Dessa vez, borboletas azuis abriram o desfile como parte da campanha "A Vida Merece Um Fôlego", que há três anos conscientiza sobre a hipertensão arterial pulmonar (HAP). Foram criados 10 looks exclusivos em azul e branco desfilados por pacientes, alguns com seus respiradores e oxigênios, além de modelos profissionais.

Elas no Tapete Vermelho
Publicidade
Publicidade