2 eventos ao vivo

Com pochete-coldre, grife estreia no SPFW em clima western

Bobstore, do grupo Restoque - dono da Le Lis Blanc e John John -, fez sua estreia em desfiles em clima de faroeste

24 out 2018
21h54
atualizado em 25/10/2018 às 10h51
  • separator
  • comentários

Bobstore, do grupo Restoque - dono da Le Lis Blanc, Rosa Chá, Dudalina e John John -, fez sua estreia em desfiles nesta 46ª edição do SPFW em clima de faroeste. Na passarela molhada, a grife levou looks com direito a franjas, chapéus, botas e pochetes em formato de coldre de revólver.

Fotos: Francisco Cepeda/AgNews
Fotos: Francisco Cepeda/AgNews
Foto: Elas no Tapete Vermelho

As bolsinhas são práticas e o formato, claro, combina com a inspiração dos coordenadores de estilo André Boffano e Samuel Santos, mas não deixam de ser uma escolha, digamos, delicada para o clima de apoio ao desarmamento que o Brasil vive, às vésperas das eleições.

Fotos: Francisco Cepeda/AgNews
Fotos: Francisco Cepeda/AgNews
Foto: Elas no Tapete Vermelho

O ponto de partida da coleção inverno 2019 foi a obra da pintora americana Georgia O´Keefee, no período que viveu no Novo México. Daí a referência bangue-bangue. Nesse universo, as franjas abundaram nos looks, seja nas roupas ou nos acessórios, como nas bolsas. Um dos vestidos era totalmente feito de franja.

As cores marrom e preto dominaram os looks, que vinham com assimetria, sobreposições e camadas. Lenços (tendência) se transformaram em xales colocados de um só lado. Couro e tecidos leves se misturavam, conferindo pesos diferentes às produções, muitas também de tricô.

Foto: Francisco Cepeda/AgNews
Foto: Francisco Cepeda/AgNews
Foto: Elas no Tapete Vermelho

Se o preto e o marrom dominaram, tons terrosos e solares, como laranja, verde e amarelo também pontuaram no desfile de estreia, que teve como convidada na passarela a influenciadora Helena Bordon.

Veja também:

 

Elas no Tapete Vermelho

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade