PUBLICIDADE

Papa diz que ações dos países sobre meio ambiente são 'lentas'

Líder da Igreja Católica participou recentemente da cúpula do G7

15 jun 2024 - 14h03
(atualizado às 14h27)
Compartilhar
Exibir comentários

Em um encontro com CEOs de empresas e bancos no Vaticano, o papa Francisco afirmou neste sábado (15) que a atenção ao meio ambiente precisa estar entre as prioridades para fechar bons negócios.

    O líder da Igreja Católica ainda comentou que os acordos não podem ser concluídos apenas seguindo as leis, pois os países estão "procedendo muito lentamente" em relação ao assunto.

    "Eu convido a todos vocês a colocar o ambiente e a terra no centro da vossa atenção e da vossa responsabilidade. Estamos em um momento de grave crise ambiental, que depende de muitos assuntos e de muitos fatores, incluindo o econômico", alertou o religioso.

    "As escolhas empresariais de ontem e de hoje já não bastam mais respeitar as leis dos Estados, que avançam com muita lentidão, é preciso inovar antecipando o futuro", acrescentou.

    Na entrevista coletiva que encerrou a cúpula do G7, evento que teve a participação do Papa, a primeira-ministra da Itália, Giorgia Meloni, afirmou que a luta contra as mudanças climática deve ser lavada em consideração "sem a adoção de posições ideológicas pré-concebidas". .

Ansa - Brasil   
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade